Música

Expensive Soul celebram 20 anos com disco novo e concerto em 2019

Os Expensive Soul celebram os 20 anos de carreira com um concerto na Altice Arena em novembro. Apresentam também um novo álbum na primavera de 2019.

TIAGO PETINGA/LUSA

Autor
  • Agência Lusa
Mais sobre

Os Expensive Soul assinalam em 2019 20 anos de carreira, que serão celebrados com um concerto na Altice Arena, em Lisboa, em novembro, e com um disco novo, na primavera, disse à Lusa um dos elementos da banda. “Vamos fazer este concerto especial no dia 23 de novembro de 2019, vamos oficialmente celebrar estes 20 anos de carreira num palco que nunca fizemos em nome próprio, o maior palco que temos em Portugal”, contou New Max, em declarações à agência Lusa.

Embora ainda falte um ano até ao concerto, New Max, que com Demo forma os Expensive Soul, garante já que será “uma noite especial”. “É um passo grande para nós e vamos celebrar com a nossa família, que é Portugal todo. Vamos tentar encher o pavilhão”, afirmou.

Em palco estarão, “além dos 13 músicos habituais, um coro numeroso, com muitas vozes”, e uma secção de sopro alargada, “normalmente são três e hão de ser oito a dez”. “Ainda estamos a montar [o espetáculo], mas a nossa ideia é contar a história dos 20 anos, passar um bocadinho pelos discos todos e, se calhar, ter alguma componente de vídeo também, para as pessoas perceberem o que é que aconteceu nestes 20 anos, como é que começou e em que passo é que estamos hoje em dia”, referiu o músico.

Os Expensive Soul juntaram-se em 1999, em Leça da Palmeira, no concelho de Matosinhos, mas o primeiro álbum da banda, “B.I.”, só seria editado em 2004. Seguiram-se “Alma Cara” (2006), “Utopia” (2010), que inclui o tema “O Amor é Mágico”, e “Sonhador” (2014).

No ano em que comemoram 20 anos, chega o quinto disco, do qual já foi divulgado um tema: “Limbo”. O novo álbum, com dez músicas, “vai ser um disco mais curto do que os outros”. “Normalmente, têm 13, 14, 15 músicas, mas quisemos uma coisa mais pequenina, que as pessoas às tantas não passem músicas, que sejam todas boas. Dez, mas boas”, adiantou New Max.

O disco “ainda está em construção, vai a meio” e deverá estar acabado “até fevereiro” para sair “em março/abril”. Ainda sem nome, o novo trabalho dos Expensive Soul terá a sonoridade de sempre.

“Independentemente se vamos um bocadinho mais ao rock ou à soul ou ao funk, os Expensive Soul têm uma coisa muito própria e isto olhando para trás — o nosso primeiro ‘single’ foi uma música mais reggae ‘Eu não sei’, o terceiro single no terceiro disco já foi uma música completamente soul e as pessoas identificam como Expensive Soul”, disse o músico.

O álbum “vai ser mais um disco dos Expensive Soul, com a alegria e a felicidade” que a banda está “a viver hoje em dia”. “Há 20 anos que vivemos da música e isso dá-nos uma grande felicidade e gostamos de transmitir isso nos discos e transmitimos isso, quer nos concertos, quer nas músicas em estúdio”, acrescentou.

Os bilhetes para o concerto na Altice Arena, em 23 de novembro de 2019, estarão à venda a partir de sexta-feira.

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)