A Apple está em fase “avançada” de conversações para comprar o negócio da divisão de ‘modems’ para ‘smartphones’ da Intel, o que lhe permitirá ter controlo do desenvolvimento de componentes fundamentais para os seus dispositivos.

O acordo, que cobre uma carteira de patentes e de pessoal avaliada em 1.000 milhões de dólares (cerca de 891 milhões de euros, à taxa de câmbio atual) ou mais, poderá ser alcançado ao longo da próxima semana, de acordo com o Wall Street Journal, que cita fontes próximas da operação.

A transação é importante do ponto de vista estratégico e financeiro, de acordo com as mesmas fontes.

A operação daria à Apple acesso ao trabalho de engenharia e talento por trás do impulso que a Intel tem tido há anos no desenvolvimento de processadores e outros ‘chips’ para a tecnologia 5G, o que pode poupar anos de trabalho à dona do iPhone.