A organização do festival Afro Nation, cuja primeira edição aconteceu no ano passado na Praia da Rocha, em Portimão, revelou esta terça-feira as primeiras confirmações para a sua segunda edição, agendada para os dias 17, 18 e 19 de julho.

O leque de confirmações internacionais impressiona pela dimensão global e popular dos artistas confirmados. Está entre eles, por exemplo, Aya Nakamura, a cantora que nasceu no Mali e cresceu em França e que em 2018 lançou aquela que se tornou uma das canções mais populares e ouvidas dos últimos anos mundialmente, intitulada “Djadja”. O teledisco do tema conta com 477 milhões de visualizações na plataforma Youtube.

Outro dos artistas que a organização do festival revelou que vai atuar no Afro Nation é Chronixx. Jamaicano, com 27 anos e com apenas um álbum editado — intitulado Chronology, editado em 2017 e nomeado para um prémio Grammy —, o cantor começou a revelar-se no seu país, com canções soltas e EP que rapidamente lhe deram notoriedade também em África e no Reino Unido.

Considerado um renovador do reggae, Chronixx tem conseguido, ao contrário de muitos dos artistas e bandas que se especializaram neste género musical nos últimos anos, não imitar algumas das referências da sua corrente musical (a maior das quais Bob Marley) e misturar os ritmos reggae com novas sonoridades da pop, do funk e do hip-hop. Em 2015, foi um dos convidados do rapper Joey Badass para o seu álbum B4.Da.$$ — gravaram juntos o tema “Belly of the Beast”.

Mais recentemente, Chronixx colaborou com a rapper britânica Little Simz — no tema “Wounds” — e com a banda Free Nationals, que acompanha ao vivo Anderson .Paak e com a qual o cantor jamaicano gravou “Eternal Light”.

Além desta dupla, o festival Afro National confirmou ainda concertos de Dadju, Diamond Platnumz, do marroquino-americano French Montana, de Maître Gims, Naira Marley, do canadiano Tory Lanez e do cantor nigeriano Wizkid, que já estivera presente na primeira edição do festival.

Na conta oficial do festival no Facebook, a organização refere que a reserva prévia de bilhetes pode ser feita a 30 de janeiro, abrindo-se as bilheteiras no dia seguinte. No site oficial do festival é possível encontrar informações mais detalhadas, como o facto do festival ser reservado a maiores de 18 anos