O festival EDP Cool Jazz vai receber em 2021 concertos de Lionel Richie, Herbie Hancock e Yann Tiersen. Yann Tiersen vai atuar a 21 de julho, Lionel Richie a 25 e Herbie Hancock a 28 do mesmo mês. A novidade é dada pela organização, que adiou a edição deste ano para julho de 2021 devido às medidas de contenção resultantes da pandemia do novo coronavírus.

O trio integra o primeiro lote de confirmações de concertos do EDP Cool Jazz para 2021, depois do adiamento da edição do festival inicialmente prevista para julho deste ano. A edição de 2021 contará assim com pelo menos três artistas que estavam confirmados para atuar este ano.

Além de Lionel Richie, Herbie Hancock e Yann Tiersen, a edição de 2020 do festival tinha ainda concertos agendados de John Legend, Jorge Ben Jor, Neneh Cherry, Kokoroko, Murta e das duplas Miguel Araújo com Rui Veloso e Tiago Nacarato com Bárbara Tinoco. Ainda não é certo que algum destes artistas faça parte do cartaz do festival no próximo ano, embora tal não tenha sido descartado.

Apesar do adiamento de festivais por um ano não obrigar as organizações dos mesmos a incluir em 2021 os mesmos concertos previstos para 2020, a maior parte dos promotores de espectáculos e festivais tem vincado que pretende ter no próximo ano uma oferta semelhante e até superior à que estava prevista para este ano.

Em comunicado enviado esta terça-feira, a organização vinca que os bilhetes para a edição de 2020 “são válidos para a edição em 2021, não sendo necessário fazer a troca”. O reembolso direto não é obrigatório por lei e os portadores de bilhetes para a edição de 2020 que não pretendam ou não possam ir à edição de 2021 “têm o direito à emissão de um voucher de igual valor ao preço pago”. Este voucher deve ser “solicitado no local onde [o comprador] adquiriu o bilhete” e poderá ser utilizado em outros espectáculos ou festivais organizados pela mesma promotora até ao final do próximo ano.

Para quem não tinha bilhete adquirido para a edição de 2020, a organização do EDP Cool Jazz adianta que os bilhetes para 2021 estarão disponíveis para compra a partir desta quinta-feira, 11 de junho.

Para os dias dos concertos de Yann Tiersen e Herbie Hancock, os bilhetes diários variam entre 25 e 35 euros, havendo opções mais caras (plateia VIP e plateia gold). O valor é mais elevado para o dia de concerto de Lionel Richie — 35 a 55 euros, havendo também opções mais dispendiosas.

O adiamento do EDP Cool Jazz aconteceu devido a uma decisão do Governo português que, mediante o contexto pandémico, decidiu proibir os festivais até 30 de setembro, salvo sob condições muito específicas, como uma redução do número de espectadores e a obrigatoriedade de assistir aos espectáculos em lugares sentados. Muitos promotores consideraram que as novas regras tornavam a realização dos seus festivais em 2020 inviável, pela possível quebra de receitas e pela dificuldade em assegurar atuações de artistas internacionais nesta fase.

Aquando do adiamento, a diretora do EDP Cool Jazz, Karla Campos, tinha referido ao Observador: “Adiar é fazer para o ano, sem dúvida. O festival é feito ao ar livre, numa altura em que está bom tempo, e no verão, quando os artistas andam em digressão pela Europa”.

A decisão está tomada, só falta a lei: não haverá festivais este verão em Portugal