Histórico de atualizações
  • Catarina Martins diz que o sucesso da vacinação deve-se a SNS e população

    Catarina Martins, coordenadora do BE, enalteceu o trabalho realizado pelos profissionais de saúde, que levou Portugal a ser um país com o “processo de vacinação” dos “mais completos na Europa”.

    Catarina Martins diz que o sucesso da vacinação deve-se a SNS e população

  • Polícia Marítima interrompe festa com 30 pessoas em praia na Costa da Caparica

    A Polícia Marítima interrompeu festa na praia com 30 pessoas de nacionalidade estrangeira na Costa da Caparica. O responsável pela festa foi identificado e foi elaborado o respetivo auto de notícia.

    Polícia Marítima interrompe festa com 30 pessoas em praia na Costa da Caparica

  • Estudo da DGS diz que vacinas da Pfizer e da Moderna são menos eficazes contra a variante Delta

    Um estudo da DGS e do INSA diz que as vacinas RNA da Pfizer e da Moderna são as menos eficazes a prevenir a infeção pela variante Delta da Covid-19.

    Estudo da DGS diz que vacinas da Pfizer e da Moderna são menos eficazes contra a variante Delta

  • Moçambique inicia administração de segunda dose de vacina na quarta-feira

    Moçambique vai iniciar esta quarta-feira a administração das segundas doses, à luz da campanha de vacinação em massa contra a Covid-19, lançada em 6 de agosto pelo Presidente moçambicano.

    Moçambique inicia administração de segunda dose de vacina na quarta-feira

  • Genes de pessoas resistentes ao coronavírus podem dar pistas para futuros tratamentos

    Se as diferenças entre resistentes e suscetíveis ao vírus estiverem nos genes, os investigadores podem conseguir encontrá-las. Até podem saber que droga usar. Mas ainda não sabem se vai resultar.

    Genes de pessoas resistentes ao coronavírus podem dar pistas para futuros tratamentos

  • Angola regista 131 novos casos e dez mortes nas últimas 24 horas

    Angola registou 131 novos casos de Covid-19, dez mortes e 240 pessoas foram dadas como recuperadas da doença, nas últimas 24 horas, anunciou hoje o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda.

    Segundo o governante angolano, os casos foram reportados nas províncias de Luanda (30), Huambo (20), Huíla (16), Cuando Cubango (14), Benguela (8), Cuanza Norte (8), Bié (6), Moxico (6), Cunene (5), Namibe (5), Zaire (5), Lunda Sul (3), Cabinda (2), Bengo (1), Lunda Norte (1) e Malanje (1), com idades entre quatro meses e 96 anos, sendo 85 do sexo masculino e 46 do sexo feminino.

    Com os dados das últimas 24 horas, o país soma agora um total de 46.076 casos, 1.163 óbitos, com uma taxa de letalidade de 2,5%, significando um aumento de 0,1% em comparação à semana passada, 42.624 recuperados e 2.289 casos ativos, dos quais oito em estado crítico, 28 graves, 71 moderados, 32 leves e 2.150 assintomáticos, estando em internamento 139 doentes, 222 outras em quarentena institucional e sob vigilância epidemiológica 814 contactos.

  • Cabo Verde regista 35 novos casos positivos e mais um óbito

    Cabo Verde registou mais uma morte, em Santa Catarina de Santiago, e 35 novos casos positivos de infeção pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, aumentando para 34.773 o total de infetados, informou hoje o Ministério da Saúde.

    Desde domingo que as autoridades de saúde cabo-verdiana analisaram 931 amostras e, segundo o ministério cabo-verdiano, encontraram 35 casos positivos novos de infeção pelo novo coronavírus, dando uma taxa de positividade de 3,8%.

    Os novos casos foram reportados na ilha de Santiago (18), distribuídos pelos concelhos da Praia (sete), Santa Catarina (quatro), São Miguel (três), Tarrafal e São Lourenço dos Órgãos com dois cada.

    Há ainda três infetados nos Mosteiros (Fogo), um na Ribeira Grande e dois no Porto Novo, todos em Santo Antão, dois em São Vicente, cinco no Sal, um na Ribeira Brava de São Nicolau, dois na Boa Vista e um no Maio.

  • Grécia vai vacinar os mais vulneráveis com terceira dose em setembro

    A partir de setembro, a Grécia irá administrar a terceira dose da vacina contra a Covid-19 a pessoas imunocomprometidas. O agendamento poderá ser pedido a partir da próxima semana.

    Grécia vai vacinar os mais vulneráveis com terceira dose em setembro

  • Açores têm "resposta muitíssimo boa" no combate à pandemia

    Miguel Guimarães, o bastonário da Ordem dos Médicos, avaliou a resposta dos Açores à pandemia como “muitíssimo boa”, nomeadamente a matriz de risco utilizada — “mais eficaz que a do continente”.

    Açores têm “resposta muitíssimo boa” no combate à pandemia

  • Madeira regista 45 novos casos e um total de 364 infeções ativas

    A Madeira registou hoje 45 novos casos de Covid-19 e 38 recuperações, indicou a Direção Regional de Saúde, referindo que o total de infeções ativas no arquipélago é agora de 364, com sete doentes hospitalizados.

    Entre os novos positivos, 32 são de transmissão local e 13 foram importados (seis do Reino Unido, três da região Norte, dois de Lisboa e Vale do Tejo, um dos Açores e um da Roménia), pelo que a região passa a contabilizar 11.074 casos confirmados desde o início da pandemia e 75 mortos associados à doença.

    Os dados da autoridade regional diferem dos apresentados hoje pela Direção-Geral da Saúde, que atribui à Madeira 38 novos casos, num total de 11.491 reportados desde março de 2020, e 72 mortos.

  • Espanha com 2.261 novos casos nas últimas 24 horas

    Espanha registou desde sexta-feira 201 mortes e 23.899 novos casos de Covid-19, 2.261 dos quais nas últimas 24 horas, segundo o mais recente relatório do Ministério da Saúde.

    Na segunda-feira passada, tinham sido reportadas 25.726 novas infeções, o que representa um abrandamento da pandemia em Espanha, cujo número total de casos até agora se eleva a 4.794.352, de acordo com os dados do Ministério da Saúde.

    A incidência da Covid-19 no país baixou 27 pontos, situando-se em 317 casos por cada 100.000 habitantes nos últimos 14 dias, indicou o ministério, revelando que na última semana foram notificadas 867 mortes (201 das quais desde sexta-feira).

  • Hospedeiro da Ryanair denuncia foco de infeção na base do Porto e empresa confirma casos

    “Neste momento tenho conhecimento de sete casos confirmados de Covid-19 na base do Porto da Ryanair”, denunciou um hospedeiro infetado que lamenta que a empresa não obrigue a testar tripulantes.

    Hospedeiro da Ryanair denuncia foco de infeção na base do Porto e empresa confirma casos

  • Apenas 0,3% das pessoas com vacinação completa foram infetadas

    Das 5.467.487 pessoas com vacinação completa, apenas 16.600 foram infetadas pelo novo coronavírus, representando um total de 0,03%. A maioria dos casos ocorreu em pessoas com mais de 80 anos.

    Apenas 0,3% das pessoas com vacinação completa foram infetadas

  • EUA aprovam definitivamente vacina Pfizer para pessoas a partir dos 16 anos

    O regulador do medicamento norte-americano aprovou hoje definitivamente a vacina contra a Covid-19 do consórcio Pfizer/BioNTech para pessoas a partir dos 16 anos, que desde dezembro beneficiava de uma autorização de uso de emergência.

    Justificando a decisão, a Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA, na sigla em inglês) indicou, em comunicado, que foram avaliados numerosos dados científicos, tendo a agência conduzido a sua própria análise sobre a segurança e eficácia da vacina e o seu processo de produção.

    O regulador espera que a aprovação definitiva desta vacina leve ao aumento da taxa de imunização no país.

  • Madeira tem 70% dos residentes com a vacinação completa

    A Madeira atingiu hoje a marca dos 70% da população com a vacinação completa contra a Covid-19, tendo as autoridades regionais estabelecido como próxima meta a vacinação de 85% dos 251 mil residentes no arquipélago

    “A Madeira, a partir de hoje, começa a trabalhar nesse sentido”, disse o secretário da Saúde e Proteção Civil, Pedro Ramos, no decurso de uma visita ao Centro de Vacinação do Funchal.

    O governante explicou que o aparecimento de novas variantes do SARS-CoV-2, nomeadamente a variante Delta, alterou o plano inicial, que apontava a vacinação de 70% da população como forma de alcançar a imunidade de grupo.

  • Casa aberta para todos os que possam e queiram levar a vacina da Janssen

    Como avançou também a Task Force da vacinação, esta segunda-feira também fica disponível a modalidade “Casa Aberta” para todos os utentes desde que possam levar a vacina da Janssen.

    Será possível ser vacinado num centro de vacinação fora da área de residência. Quem está de férias longe de casa pode receber a vacina em qualquer local, explica fonte da task force ao Observador.

    Por ser a vacina da Janssen há algumas regras a seguir, esclarece esta entidade. “Relembra-se que, de acordo com a norma n.º 004/2021 da DGS, recomenda-se que a vacina da Janssen, seja utilizada:

    • Em pessoas do sexo masculino com idade igual ou superior a 18 anos; em pessoas do sexo feminino com idade igual ou superior a 50 anos.
    • Em pessoas do sexo feminino com menos de 50 anos de idade, que assim o desejem, se devidamente informadas, numa base de ponderação dos benefícios e dos riscos, individualizada, podem ser vacinadas com a vacina Janssen, desde que se obtenha o seu consentimento livre e esclarecido”

  • Moçambique anuncia mais oito mortes e 343 novos casos

    Moçambique registou mais oito mortes devido ao novo coronavírus e 343 casos de infeção nas últimas 24 horas, anunciou hoje o Ministério da Saúde.

    As vítimas mortais tinham idades entre 42 e 74 anos e os óbitos foram declarados entre domingo e hoje, referiu Benigna Matsinhe, diretora adjunta de Saúde Pública, durante a conferência de atualização de dados sobre a pandemia.

    Segundo a responsável, o país sobe o total acumulado de óbitos para 1.808 e o de casos para 143.127, 88% dos quais considerados recuperados da doença e 190 internados.

  • Como explica a DGS na sua página oficial, a modalidade “Casa Aberta” está disponível para “a vacinação de primeiras doses de utentes elegíveis que não estejam agendados, com idade igual ou superior a 12 anos e que não tenham sido infetados com Covid-19 nos últimos seis meses”. Contudo, apesar de ser “Casa Aberta”, é preciso ter três pontos em atenção:

    “1. Antecipadamente consultar no portal da afluência se o centro de vacinação pretendido, obrigatoriamente localizado no seu concelho de residência, tem o semáforo verde (com um período de espera não superior a 30 minutos);

    2. Preencha o formulário. Deverá receber a sua senha digital com o respetivo número e hora prevista.

    3. A toma da segunda dose será sempre no mesmo local da primeira dose.”

    A única vacina autorizada em Portugal para menores de 18 anos é a da Pfizer, relembra a task force da vacinação.

  • "Casa aberta" para os maiores de 12 anos a partir desta segunda-feira

    A modalidade “Casa Aberta” para a vacinação contra a Covid-19 vai estar disponível a partir desta segunda-feira para todas as pessoas com mais de 12 anos, como avançou o Serviço Nacional de Saúde no Twitter.

    *Corrigido às 17h01. É segunda-feira e não terça-feira

  • Portugal é o sexto país da União Europeia com mais novos casos diários

    Portugal passou esta semana de quinto para sexto país da União Europeia com mais novos casos de infeção por SARS-CoV-2, com uma média diária de 225 por milhão de habitantes nos últimos sete dias, segundo o site Our World in Data.

    A média diária em Portugal desceu ligeiramente dos 229 casos verificados na semana passada. Entre os países da União Europeia (UE), Chipre tem a maior média diária, com 476 casos, seguido da Irlanda (358), França (332), Grécia (302) e Espanha (235).

    A média da União Europeia neste indicador aumentou de 132 para 149, enquanto a média mundial passou de 81 para 84.

1 de 2