O realizador Leonel Vieira está a rodar uma nova versão da comédia portuguesa “O Pátio das Cantigas” (1942), que integrará uma “trilogia de clássicos”, com adaptações de outros filmes “do período de ouro do cinema português”, revelou a produtora. O novo filme conta no elenco com atores como Miguel Guilherme, César Mourão, Dânia Neto, Sara Matos, Anabela Moreira e Cristóvão Campos.

Fonte da produtora Stopline disse à agência Lusa que Leonel Vieira “iniciou recentemente na Vila Berta [em Lisboa] a rodagem de O Pátio das Cantigas”, mas remeteu mais pormenores para uma conferência de imprensa, na segunda-feira. “O Pátio das Cantigas”, de 1942, – no qual se diz a famosa frase “Ó Evaristo, tens cá disto?” – teve realização de Ribeirinho (que também atua) e participação de Vasco Santana, Laura Alves, António Silva e Barroso Lopes, entre outros. Fonte da produtora disse que a trilogia será filmada de seguida, mas não revelou se Leonel Vieira assinará todos os filmes.

O filme é uma das comédias mais populares do cinema português, feita na “época de ouro”, nas décadas de 1930 e 1940, durante a qual estrearam também “A Canção de Lisboa” (1933), “Aldeia da roupa branca” (1938, “O pai tirano” (1941), “O Costa do Castelo” (1943), entre outros.

Leonel Vieira, produtor e realizador, é autor de filmes como “A sombra dos abutres” (1998), “Zona J” (1998), “A Selva” (2002) e “A arte de roubar” (2008).