O primeiro foi um sucesso e provocou uma febre: Parque Jurássico mostrou ao mundo, na tela de cinema, um parque verde, cheio de dinossauros e de tecnologias modernas – e isso bastou, tanto a nível de receitas – 14.917.100 euros no fim-de-semana de estreia – como de protagonismo.  e criou um Mundo Jurássico.

Steven Spielberg está de volta ao parque, passados 22 anos, e está prestes a dar ao mundo um… Mundo Jurássico. O trailer chegou, talvez mais para nos chamar do que para nos assustar.

O filme chega às salas de cinema no verão de 2015 (12 de junho nos Estados Unidos) e agora prometendo um dinossauro criado dentro de um laboratório “extremamente inteligente” e a comer tudo o mexe.

Do filme original apenas a ilha, alguns dinossauros, como o Velociraptor, e Henry Wu (BD Wong), o chefe de genética do Parque Jurássico e líder da primeira equipa que criou os dinossauros.