O futebolista argentino Lionel Messi foi atingido com uma garrafa de plástico, atirada alegadamente por adeptos do Valência durante os festejos do golo que, no domingo, deu a vitória ao FC Barcelona sobre a equipa “che” no campeonato espanhol.

Messi, que esteve no lance que deu a vitória por 1-0 aos catalães no Estádio Mestalla já nos descontos, apareceu agarrado à cabeça após o tento de Busquets e chegou mesmo a queixar-se ao árbitro, que lhe mostrou o cartão amarelo.

As imagens da partida da 13.ª jornada mostram que Messi foi realmente atingido por garrafa de plástico que veio de uma bancada em que estavam adeptos do Valência, equipa que é treinada pelo português Nuno Espirito Santo.

Entretanto, no seu sítio oficial na internet, o Valência lamentou o sucedido e prometeu “localizar e expulsar para a vida” do Mestalla o adepto responsável pelo incidente.

“O clube vai tentar localizar e expulsar para sempre do Mestalla o autor do lançamento. O Valência tem tolerância zero com este tipo de ações e cumpre escrupulosamente todas as medidas de seguranças previstas na legislação”, lê-se no comunicado do clube espanhol.