O tenista português João Sousa, eliminado na primeira ronda dos dois últimos torneios que disputou, ‘caiu’ cinco lugares no ‘ranking’ mundial e surge na lista publicada esta segunda-feira no 50.º posto da hierarquia.

O número um português, que no início de fevereiro chegou às meias-finais do torneio francês de Montpellier, teve passagens mais curtas por Roterdão, na Holanda, e Marselha, França, onde foi agastado logo na primeira ronda.

Face a estes últimos resultados, João Sousa desceu cinco ‘degraus’ na classificação mundial, que continua a ser liderada pelo sérvio Nova Djokovic, no topo de um ‘pódio’ que deixou de ter o espanhol Rafael Nadal.

O antigo líder do ‘ranking’ mundial foi eliminado nas meias-finais do torneio do Rio de Janeiro, onde defendia o título conquistado em 2014.

Nadal desceu uma posição na hierarquia e foi ‘desalojado’ do ‘pódio’ do ‘ranking, o que não sucedia com o espanhol desde agosto de 2013.

Na classificação feminina, a portuguesa Michelle Larcher de Brito conquistou dois lugares e figura na classificação de hoje na 119.ª posição, uma ‘mexida’ que se deve a ‘acerto de contas’ na tabela.

A número um portuguesa não compete desde que foi eliminada na segunda ronda do ITF (segundo escalão do circuito) de Sunrise, nos Estados Unidos, em finais de janeiro, o que não impediu Larcher de Brito subir esta semana duas posições no ‘ranking.

No cimo, a norte-americana Serena Williams continua a liderar a tabela, com 1.382 pontos de vantagem sobre a russa Maria Sharapova, que já apontou o regresso ao comando da classificação como um dos grandes objetivos para 2015.