Quatro rapazes querem revolucionar o humor na internet. O “Último Andar” nasceu a 10 de março e assume-se como um “grupo humorístico que se dedica à criação de episódios cómicos de curta duração” para serem divulgados na internet. A equipa coloca os vídeos dos sketches no Youtube e tem também página de Facebook.

Mas a internet será só a primeira morada do “Último Andar”. Diogo Leite, um dos membros fundadores do projeto, refere ao Observador que querem “aumentar a fasquia” e pretendem explorar também a área do teatro, cinema e TV. O objetivo é que a marca “possa ser reconhecida em várias áreas como espetáculos ao vivo (espetáculos de improviso – ‘Último Andar Improvisa’ ou até mesmo peças de teatro como por exemplo ‘Do Último Andar a Beckett’)”, exemplifica.

E de que é que se fala neste “Último Andar”? O grupo afirma que “trabalha com o quotidiano e leva o conceito ação/reação ao extremo, criando momentos hilariantes até ao último andar do bom senso e da razoabilidade”. Diogo Leite, Jaime Baeta de Almeida, João Maria Machado e Francisco Vistas são os autores, guionistas e atores do projeto que conta com o apoio da produtora “Wondr”.