Jon Snow está morto. Esta é a verdade nua e crua tal como foi representada na cena chocante do último episódio da 5.ª temporada da Guerra dos Tronos.

O bastardo de Ned Stark, interpretado pelo ator inglês Kit Harington, é assassinado por um grupo da Patrulha da Noite, que liderava. Chocante o suficiente? Ainda não — o último golpe é dado pelo protegido de Snow, o jovem Olly, que deixa o Senhor Comandante deitado no chão a esvair-se em sangue. Escusado será dizer que a cena é representada com a mesma brutalidade à qual a série já nos habituou.

Para a revista Variety este foi “um dos momentos de televisão mais chocantes do ano”, escreve a BBC. E os fãs inundam o Twitter de lágrimas.

Mas ainda pode haver esperança — nos livros não é claro se Jon Snow morre ou não. Contudo, Kit Harington já disse à Entertainment Weekly: “Estou morto. Não vou voltar na próxima temporada”. O ator afirmou que “tinha uma ideia de que isto poderia acontecer. Eu não li [o livro de George RR Martin] A Dança dos Dragões. Mas li os outros livros e ouvi que isto iria acontecer… Então tive um pressentimento de que seria nesta temporada”, contou Harington acrescentando ainda que “não sabia que esta seria a cena final da temporada o que tornou tudo ainda mais especial” e que “tinha adorado que tivesse sido o Olly a matar-me”.

Apesar de o ator ter afirmado que não voltará na próxima temporada (prevista para 2016), será que poderá regressar na sétima? Cruzemos os dedos, provavelmente Jon Snow não sabe nada.