A seleção portuguesa de ténis de mesa somou esta quarta-feira, frente ao Japão, naquela que foi a segunda derrota nos Mundiais, que decorrem na Malásia. Ainda assim, Portugal assegurou a passagem aos oitavos de final. O Japão dominou claramente o Grupo C, vencendo todos os cinco encontros. Os portugueses, a exemplo de Singapura, ainda conseguiram ganhar um encontro aos nipónicos, através de João Monteiro.

Com a garantia de presença nos oitavos de final, por deter vantagem sobre a Ucrânia num eventual desempate entre as três seleções igualadas no segundo lugar, só uma vitória sobre o Japão daria a Portugal a possibilidade de assegurar, desde logo, os quartos de final.

Apesar da derrota, os jogadores lusos deram muita luta e equilibraram os jogos frente aos seus oponentes, tendo Tiago Apolónia sido o primeiro a entrar em ação e acabado derrotado por Maharu Yoshimura, por 3-1.

Seguiu-se João Monteiro, que foi o único luso a superar um oponente, ao derrotar Jun Mizutani, numa partida muito equilibrada e na qual Monteiro chegou a estar a perder por 2-0, ‘virando’ para 3-2.

O terceiro confronto foi o mais desequilibrado, com Marcos Freitas a sair derrotado por 3-0 diante de Koki Niwa, enquanto Jun Mizutani fechou o encontro no quarto ‘set’, ao derrotar Tiago Apolónia por 3-1.

Enquanto a equipa masculina segue para os oitavos de final, a feminina somou a quarta derrota e fechou o grupo no penúltimo lugar, apenas à frente da Nigéria, que não compareceu aos Mundiais, pelo que a equipa lusa feminina terá de disputar um ‘play-off’ para tentar se manter na segunda divisão. Esta quarta-feira, a equipa portuguesa saiu derrotada por 3-1 diante da Colômbia.