O Museu Nacional de Arte Antiga (MNAA) vai encerrar algumas salas devido às obras de requalificação em curso no terceiro piso. As obras vão ocorrer entre esta terça-feira, dia 15 de março e 4 de abril, período em que o museu terá entradas gratuitas.

De acordo com o MNAA, as salas de Pintura e Escultura Portuguesas, Mobiliário Português, Ourivesaria e Joalharia, Cerâmica e Arte da Expansão estarão encerradas a partir desta terça-feira, reabrindo ao público no dia 05 de abril.

A pintura “Painéis de São Vicente”, de Nuno Gonçalves, uma das mais procuradas pelos visitantes do museu, está patente na sala 55, do piso 1, na área tradicionalmente dedicada à pintura europeia, a meio caminho da obra convidada, “A via di Ripetta em Roma”, de Bernardo Bellotto, sobrinho e aluno de Canaletto.

O MNAA manterá abertos, no piso 1, a Galeria de Pintura Europeia e as salas de Artes Decorativas Francesas, assim como todas as exposições temporárias patentes.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Vai ser mantida em exposição a pintura “A Adoração dos Magos”, de Domingos Sequeira, no âmbito da campanha de subscrição pública que o MNAA está a promover para a sua aquisição, e que angariou, até ao momento, mais de 400 mil, sendo o valor total de venda da obra 600 mil. Também a loja, o restaurante e o jardim do museu irão permanecer abertos.

Ainda segundo o MNAA, durante o período anunciado, a entrada será gratuita, exceto na exposição “Coleção Masaveu. Grandes Mestres da Pintura Espanhola: Greco, Zurbarán, Goya, Sorolla”.