Todos os anos, existe uma tradição que regressa às ruas de Lisboa — os Tronos de Santo António, pequenos altares artesanais, do tamanho de caixas de sapatos, dedicados ao santo padroeiro. A tradição é antiga (remonta ao século XVIII), mas os lisboetas nunca deixaram que morresse. Apesar de já não ser tão popular como dantes, aqui e a ali, sempre foi possível encontrar um destes tronos, cobertos de manjericos e com um Santo António a encabeçar a escadaria.

De modo a reanimar a tradição, o Museu de Lisboa lançou no ano passado uma exposição de rua de Tronos de Santo António, aberta a todos os lisboetas, pequenos e graúdos. Durante o mês das Festas de Lisboa, vários bairros típicos encheram-se de pequenos altares que, como manda a tradição, foram colocados à porta de casa ou das lojas. A iniciativa correu tão bem que, este ano, o Museu de Lisboa e a EGEAC decidiram lançar uma nova edição.

As inscrições estão abertas até dia 15 de maio e devem ser feitas por email (enviando o formulário de participação disponível no site das Festas de Lisboa para o endereço tronosdesantoantonio@cm-lisboa.pt) ou diretamente na receção do Museu de Santo António, no Largo de Santo António à Sé.

Como no ano passado, o organismo irá disponibilizar estruturas de tronos para serem decoradas e personalizadas. E para que a falta de talento não sirva de desculpa, o museu organizou vários workshops de decoração de tronos, que estarão abertos ao público nos dias 14 e 28 de maio, às 11h, e 17 e 24 de maio, às 17h. As inscrições devem ser feitas para o email museudelisboa@cm-lisboapt.

Paralelamente à exposição de rua, será realizado um roteiro com todos os tronos para que os lisboetas e turistas possam percorrer a cidade à procura dos Tronos de Santo António, também à semelhança do que aconteceu em 2015. Para isso, é importante que todos os participantes exponham os seus tronos nos dias 4 e 5 de junho. No final das Festas de Lisboa, será também organizado um livro comemorativo, com fotografias de todos os tronos que participaram na iniciativa.

A uma semana do fim das inscrições, a EGEAC garante que o número de inscritos já ultrapassou os do ano passado. Em 2015, a empresa de gestão cultural recebeu um total de 66 inscrições. Este ano, já vai nas 80.