Chama-se Carnaval mas não tem nada a ver com a Quaresma e realiza-se sempre nos últimos domingo e segunda-feira de agosto (a última deste mês é feriado no Reino Unido). Acontece há mais de 50 anos — o primeiro desfile foi em agosto de 1964 — nas ruas de Notting Hill, um bairro no oeste de Londres, e é uma manifestação popular que celebra a cultura caribenha.

https://twitter.com/tLNHCarnival/status/763884382679625728

É organizado pelas comunidades britânicas originárias de países das chamadas Índias Ocidentais (as ilhas das Antilhas e Bahamas, nas Caraíbas) e é considerado um dos maiores festivais de rua do mundo. O Carnaval de Notting Hill atrai cerca de um milhão de pessoas por ano que não querem perder os dois dias de desfiles, que incluem muitos corpos em trajes de festa.

As imagens da bailarinas e de muitos performers são semelhantes aos que estamos habituados a ver desfilar no sambódromo no Rio de Janeiro: biquínis mais ou menos reduzidos, plumas, muita cor e animação. As imagens da fotogaleria acima mostram que calor humano não faltou, apesar de o clima londrino não ter chegado a registar temperaturas tropicais.