Bibliotecas

14 mapas que mudaram a nossa visão do mundo

107

Os cartazes da propaganda nazi, os planos anti-britânicos, os mapas do espaço e até o Bosque do Winnie, The Poo. Veja catorze mapas do século XX que mudaram a forma como percepcionamos o mundo.

British Library

A Biblioteca Britânica preparou uma exposição sobre como os mapas do século XX influenciaram o modo como as pessoas percepcionavam o mundo naquela época. “Maps and the 20th Century: Drawing the Line” – em português, Mapas e o Século XX: Desenhando a Linha – é uma das maiores coleções de mapas do mundo (tem 4,5 milhões de peças) e está em exibição até 17 de março do próximo ano.

Centrada na História que esses mapas mostram, a Biblioteca Britânica pretende provar como os grandes eventos da humanidade, das guerras mundiais, à exploração espacial ou aos avanços tecnológicos, contribuíram para moldar o mundo (ou a nossa visão dele).

Algumas das peças mais famosas em exposição são o primeiro esboço do metro de Londres, mapas dos arquivos do Ministério da Defesa do Reino Unido, o globo lunar russo e o mapa do Bosque dos Cem Acres, onde vivia… Winnie, The Poo.

Tom Harper, responsável pela exposição, explicou ao ABC que esta exposição “não intriga nem assombra”, mas que procura “dar uma visão cativante e às vezes surpreendente do nosso passado recente (…) e vemos como os mapas eram não só fontes de informação, como também como ferramentas de poder e influência”.

Também vai estar em exposição um modelo com relevo tridimensional da Frente Ocidental de 1917, mapas secretos dos tempos da Guerra Fria e esquemas de atuação da aviação nazi durante a II Guerra Mundial. Toda a informação destes mapas vai ser discutida numa série de conferências e debates ligadas à exposição.

Veja alguns dos mapas na fotogaleria.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mlferreira@observador.pt
País

D de desmazelo /premium

Maria João Avillez
229

Se alguém procedesse à contabilidade dos estragos de dimensão nacional pelo “deixa andar–esqueci-me–tanto faz–logo se vê–espera-se um bocadinho–não há-de ser nada”, chegaria a resultados devastadores.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)