O Governo já decidiu avançar com a construção de duas novas estações do Metro de Lisboa. O prolongamento da Linha Amarela a partir do Rato até ao Cais do Sodré com a construção de duas novas estações, na Estrela e Santos, deverá ficar concluído até 2021, disse o ministro do Ambiente em declarações ao jornal Público. Matos Fernandes adianta que este é um investimento avaliado em 215 milhões de euros.

Segundo Matos Fernandes, a decisão de dar prioridade à expansão da Linha Amarela foi tomada depois de ter sido também avaliada a extensão da Linha Vermelha até Alcântara. A opção foi tomada porque já existiam certezas sobre a forma de financiamento e porque permite fazer a ligação direta entre a zona ribeirinha e o centro da cidade que neste momento é um dos grandes problemas da mobilidade em Lisboa, acrescenta o ministro.

Atualmente, a linha verde faz essa ligação, mas se consideramos a zona do Marquês de Pombal e avenidas novas como a mais central, este percurso no metro exige uma mudança de linha.

Segundo Matos Fernandes, os estudos técnicos e financeiros estão concluídos, falta o estudo de impacte ambiental. A obra anunciada tem uma extensão 1.900 metros da linha Amarela e pode arrancar já em 2018.

Ainda em Lisboa, o Governo quer encontrar uma solução para financiar a ligação a Campo de Ourique.

Quanto à expansão do Metro do Porto, a estratégia está ainda a ser discutida com os municípios. Em causa está investimento da ordem dos 270 milhões de euros.