Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa suspendeu, esta segunda-feira à tarde, as apostas no Placard para o jogo Feirense-Rio Ave. A decisão partiu do Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos e em causa estão suspeitas de combinação dos resultados.

Segundo avança a edição online do diário desportivo Record, a decisão deveu-se a um fluxo anormal de dinheiro apostado no encontro entre as equipas de Vila do Conde e de Santa Maria da Feira, em concreto, uma aposta de 100 mil euros de um apostador proveniente da China.

Um alegado volume atípico de apostas para esta partida e uma aposta de 100 mil euros de um cidadão chinês, na Póvoa de Varzim, ditaram a suspensão do evento face ao risco financeiro envolvido. As apostas também foram canceladas na Betclic e na Bet.pt. Outras casas de apostas mantêm o evento e as probabilidades, avança O Jogo.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR