O antigo internacional português Luís Figo vai passar a ser conselheiro para o futebol da UEFA, anunciou esta quarta-feira o organismo que rege o futebol europeu, em comunicado.

De acordo com a nota da UEFA, o ex-futebolista terá como função trabalhar de perto com o presidente da UEFA, Aleksander Ceferin, e com a Divisão de Futebol em diversos assuntos relacionados com a modalidade, incluindo aspetos técnicos, leis do jogo e a atração geral que suscita a modalidade. Figo será igualmente figura de relevo do programa de embaixadores da UEFA.

Para Aleksander Ceferin, Luís Figo foi um jogador “fantástico” e um “exemplo de comportamento dentro e fora do campo”.

Ele é uma figura muito respeitada no desporto e estou muito grato por se ter juntado à nossa equipa”, acrescentou Ceferin.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Após ter sido nomeado, o antigo internacional português referiu: “Tive a sorte de ter tanta experiência e acho que o meu conhecimento pode ter uma influência positiva.”

O antigo médio português ganhou a Bola de Ouro em 2000, duas temporadas antes de conquistar a Liga dos Campeões com o Real Madrid em 2002.