A cantora Demi Lovato foi internada num hospital de Los Angeles na madrugada desta terça-feira devido a uma alegada overdose de heroína, avança o site TMZ, que cita fontes policiais. De acordo com o mesmo site, a cantora de 25 anos estava em casa, em Hollywood Hills, quando foi levada para o hospital e está sob observação. Entretanto, foi notíciado que o estado de estado de saúde da cantora está estável. “A Demi já acordou e está com a família, que quer agradecer a todos pelo amor, rezas e apoio. Algumas informações divulgadas estão erradas e eles pedem pelo respeito à privacidade”, disse um porta-voz da intérprete ao TMZ, acrescentando que não se tratou de uma overdose de heroína, mas sem revelar qual a droga tomada pela cantora.

Demi sofre de vários problemas de dependências há vários anos, contra as quais têm vindo constantemente a tentar livrar-se. Depois de ter sofrido bullying, a estrela da Disney passou por distúrbios alimentares primeiros, até se tornar dependente de drogas e finalmente alcoólica. Depois de se tratar, um a um, das doenças e dos vícios, que lhe afetaram o físico e até a voz, a cantora tinha tido uma recaída recente no alcoolismo que a fizeram gravar um novo single, “Sober”, que cantou pela primeira vez ao vivo no Rock in Rio deste ano em Lisboa.

Veja aqui o concerto completo da cantora no festival.

Em Março, a cantora tinha feito uma publicação no Twitter para assinalar seis anos se sobriedade: “Hoje é um dia muito especial para mim… Estou oficialmente a celebrar seis anos de sobriedade! Estou muito grata à minha família, amigos e @castcenters por fazerem parte da minha caminhada. Grande parte da minha recuperação foi aprender a amar-me e a retribuir”

https://twitter.com/ddlovato/status/974314193263316992

Foi com a Disney que lançou pela primeira vez a sua carreira, ao ser a protagonista de “Camp Rock” (2008), quando tinha apenas 15 anos. Mas tarde foi também protagonista da série “Sunny entre Estrelas”, também da Disney, teve participações no “Glee” e foi jurada do programa X Factor. O primeiro álbum a solo, “Don’t Forget” foi lançado em 2008 e chegou ao segundo lugar da tabela Billboard 200, onde figuram os álbum mais vendidos semanalmente nos Estados Unidos.

Demi Lovato: a história real de uma princesa inconformada

Quando contava já com dois discos gravados — o segundo foi “Here We Go Again”, em 2009 –, acabou internada numa clínica de reabilitação depois de ter dado um murro a uma das dançarinas da sua equipa. E não apenas por um motivo: álcool, cocaína, bulimia, auto-mutilação e doença bipolar. São alguns desses problemas que aborda no documentário feito pelo You Tube em 2017 sobre a sua vida, chamado “Simply Complicated”.