Não acontece todos os dias uma reunião de três quartos de uma das bandas mais marcantes da história do rock. Dave Grohl e Pat Smear tocam habitualmente juntos nos Foo Fighters, mas no passado fim-de-semana, no festival Cal Jam, na Califórnia, juntaram-se ao terceiro membro dos Nirvana ainda vivo, Krist Novoselic, para tocar alguns dos temas mais conhecidos da banda.

No lugar de Kurt Cobain, que condenou os Nirvana a um fim precipitado, estiveram desta vez a “madrinha do punk” Joan Jett (ex-Runaways e Joan Jett & the Blackhearts) e o cantor e guitarrista John McCauley, da banda norte-americana de rock Deer Tick.

Não é a primeira vez que os ex-Nirvana Dave Grohl e Krist Novoselic (Pat Smear esteve na banda entre 1993 e 1994) se juntam para revisitar temas antigos do grupo de Seattle. Já o tinham feito em concertos surpresa, numa atuação dos Foo Fighters há perto de um mês e aquando da introdução da banda na galeria de ilustres do hall of fame do rock and roll, em 2014. Na cerimónia que assinalou essa entrada no Hall of Fame, Novoselic e Grohl já tinham partilhado palco com a cantora Joan Jett, que voltou a cantar canções dos Nirvana este fim-de-semana.

Apesar de encontros semelhantes já terem acontecido no passado, não é habitual Grohl e Novoselic revisitarem juntos o legado dos Nirvana, sendo ainda mais raro tocarem tantos temas (seis) da banda. No festival Cal Jam, os músicos voltaram a “Smells Like Teen Spirit”, “In Bloom”, “All Apologies”, “Breed”, “Scentless Apprentice” e “Serve the Servants”. Veja os vídeos do concerto abaixo:

Também Paul McCartney já tinha cantado com os fundadores vivos dos Nirvana, em 2012: