Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Não acontece todos os dias uma reunião de três quartos de uma das bandas mais marcantes da história do rock. Dave Grohl e Pat Smear tocam habitualmente juntos nos Foo Fighters, mas no passado fim-de-semana, no festival Cal Jam, na Califórnia, juntaram-se ao terceiro membro dos Nirvana ainda vivo, Krist Novoselic, para tocar alguns dos temas mais conhecidos da banda.

No lugar de Kurt Cobain, que condenou os Nirvana a um fim precipitado, estiveram desta vez a “madrinha do punk” Joan Jett (ex-Runaways e Joan Jett & the Blackhearts) e o cantor e guitarrista John McCauley, da banda norte-americana de rock Deer Tick.

Não é a primeira vez que os ex-Nirvana Dave Grohl e Krist Novoselic (Pat Smear esteve na banda entre 1993 e 1994) se juntam para revisitar temas antigos do grupo de Seattle. Já o tinham feito em concertos surpresa, numa atuação dos Foo Fighters há perto de um mês e aquando da introdução da banda na galeria de ilustres do hall of fame do rock and roll, em 2014. Na cerimónia que assinalou essa entrada no Hall of Fame, Novoselic e Grohl já tinham partilhado palco com a cantora Joan Jett, que voltou a cantar canções dos Nirvana este fim-de-semana.

Apesar de encontros semelhantes já terem acontecido no passado, não é habitual Grohl e Novoselic revisitarem juntos o legado dos Nirvana, sendo ainda mais raro tocarem tantos temas (seis) da banda. No festival Cal Jam, os músicos voltaram a “Smells Like Teen Spirit”, “In Bloom”, “All Apologies”, “Breed”, “Scentless Apprentice” e “Serve the Servants”. Veja os vídeos do concerto abaixo:

Também Paul McCartney já tinha cantado com os fundadores vivos dos Nirvana, em 2012:

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR