Globos de Ouro

“Vice” lidera nomeações para os Globos de Ouro com seis categorias

O filme realizado por Adam McKay, com Christian Bale no papel principal, foi o que mais nomeações arrecadou para os Globos de Ouro. Na televisão, é a 2ª temporada de "American Crime Story" que lidera.

Christian Bale é Dick Chenney em "Vice", o filme com mais nomeações

Foram divulgados esta quinta-feira a lista dos nomeados para a 76ª edição dos Globos de Ouro, que muitos acreditam ajudar a prever os grandes vencedores dos Óscares, que se realizam no mês seguinte. O grande favorito é “Vice”, um filme sobre Dick Cheney e os anos que passou como vice-presidente de George W. Bush. A longa-metragem, realizada por Adam McKay e com Christian Bale no papel principal, está nomeada para seis categorias, incluindo “Melhor Comédia” e “Melhor Argumento”.

A seguir a “Vice”, os filmes com mais nomeações são “The Favourite”, “Green Book” e “A Star Is Born”, com cinco cada um. Na televisão, é a segunda temporada da série “American Crime Story”, intitulada “The Assassination of Gianni Versace”, que lidera com quatro nomeações para os Globos de Ouro 2019, incluindo de “Melhor Mini-Série”.

Além dos nomeados, foi também anunciada esta quinta-feira a introdução de um novo galardão que irá premiar a carreira de um ator ou atriz na televisão. O prémio será semelhante ao Cecil B. DeMille, atribuído na área do cinema. Esta é a primeira vez que um galardão deste género é introduzido.

Os Globos de Ouro são atribuídos anualmente pela Hollywood Foreign Press Association, que é constituída sobretudo por jornalistas freelance. A cerimónia deste ano, a 76ª, vai realizar-se no dia 6 de janeiro, a partir das 17h (meia-noite em Lisboa), no International Ballroom do hotel Beverly Hilton, na Califórnia. O evento vai ser apresentado pelos atores Sandra Oh e Andy Samberg.

A lista completa dos nomeados para os Globos de Ouro 2019 é a seguinte:

Categorias de cinema

Melhor Drama

  • “Black Panther”. Realizado por Ryan Coogler;
  • “BlacKkKlansman”. Realizado por Spike Lee;
  • “Bohemian Rhapsody”. Realizado por Bryan Singer;
  • “If Beale Streat Could Talk”. Realizado por Barry Jenkins;
  • “A Star Is Born”. Realizado por Bradley Cooper.

Melhor Comédia ou Musical

  • “Crazy Rich Asians”. Realizado por Jon M. Chu;
  • “The Favourite”. Realizado por Yorgos Lanthimos;
  • “Green Book”. Realizado por Peter Farrelly;
  • “Mary Poppins Returns”. Realizado por Rob Marshall;
  • “Vice”. Realizado por Adam McKay.

Melhor Realizador

  • Bradley Cooper, “A Star Is Born”;
  • Alfonso Cuarón, “Roma”;
  • Peter Farrelly, “Green Book”;
  • Spike Lee, “BlacKkKlansman”;
  • Adam McKay, “Vice”.

Green Book

Photo Credit: Patti Perret

Melhor Atriz (Drama)

  • Glenn Close, em “The Wife”;
  • Lady Gaga, em “A Star Is Born”;
  • Nicole Kidman, em “Destroyer”;
  • Melissa McCarthy, em “Can You Ever Forgive Me?”;
  • Rosamund Pike, em “A Private War”.

Melhor Atriz (Comédia ou Musical)

  • Emily Blunt, em “Mary Poppins Returns”;
  • Olivia Colman, em “The Favourite”;
  • Elsie Fisher, em “Eighth Grade”;
  • Charlize Theron, em “Tully”;
  • Constance Wu, em “Crazy Rich Asians”.

Melhor Atriz Secundária

  • Amy Adams, em “Vice”;
  • Claire Foy, em “First Man”;
  • Regina King, em “If Beale Street Could Talk”;
  • Emma Stone, em “The Favourite”;
  • Rachel Weisz, em “The Favourite”.

Melhor Ator (Drama)

  • Bradley Cooper, em “A Star Is Born”;
  • Willem Dafoe, em “At Eternity’s Gate”;
  • Lucas Hedges, em “Boy Erased”;
  • Rami Malek, em “Bohemian Rhapsody”;
  • John David Washington, em “BlacKkKlansman”.

Melhor Ator (Comédia ou Musical)

  • Christian Bale, em “Vice”;
  • Lin-Manuel Miranda, em “Mary Poppins Returns”;
  • Viggo Mortensen, em “Green Book”;
  • Robert Redford, em “The Old Man and the Gun”;
  • John C. Reilly, em “Stan & Ollie”.

Melhor Ator Secundário

  • Mahershala Ali, em “Green Book”;
  • Timothee Chalamet, em “Beautiful Boy”;
  • Adam Driver, em “BlacKkKlansman”;
  • Richard E. Grant, em “Can You Ever Forgive Me?”;
  • Sam Rockwell, em “Vice”.

Melhor Argumento

  • “Roma”;
  • “The Favourite”;
  • “If Beale Street Could Talk”;
  • “Vice”;
  • “Green Book”.

Green Book

Photo Credit: Patti Perret

Melhor Banda Sonora

  • Marco Beltrami, em “A Quiet Place”;
  • Alexandre Desplat, em “Isle of Dogs”;
  • Ludwig Göransson, em “Black Panther”;
  • Justin Hurwitz, em “First Man”;
  • Marc Shaiman, em “Mary Poppins Returns”.

Melhor Canção

  • “All the Stars”, de “Black Panther”;
  • “Girl in the Movies”, de “Dumplin’”;
  • “Requiem for a Private War”, de “A Private War”;
  • “Revelation”, de “Boy Erased”;
  • “Shallow”, de “A Star Is Born”.

Melhor Filme de Animação

  • “Incredibles 2”;
  • “Isle of Dogs”;
  • “Mirai”;
  • “Ralph Breaks the Internet”;
  • “Spider-Man: Into the Spider-Verse”.

Melhor Filme Estrangeiro

  • “Capernaum” (Líbano). Realizado por Nadine Labaki;
  • “Girl” (Bélgica). Realizado por Lukas Dhont;
  • “Never Look Away” (Alemanha). Realizado por Florian Henckel von Donnersmarck;
  • “Roma” (Espanha). Realizado por Alfonso Cuarón;
  • “Shoplifters” (Japão). Realizado por Hirokazu Kore-eda.

Categorias de televisão

Melhor Série (Drama)

  • “The Americans”;
  • “Bodyguard”;
  • “Homecoming”;
  • “Killing Eve”;
  • “Pose”.

Melhor Série (Comédia ou Musical)

  • “Barry”;
  • “The Good Place”;
  • “Kidding”;
  • “The Kominsky Method”;
  • “The Marvelous Mrs. Maisel”.

Melhor Mini-Série ou Filme Produzido para a Televisão

  • “The Alienist”;
  • “The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story”;
  • “Escape at Dannemora”;
  • “Sharp Objects”;
  • “A Very English Scandal”.

Melhor Atriz (Drama)

  • Caitriona Balfe, em “Outlander”;
  • Elisabeth Moss, em “The Handmaid’s Tale”;
  • Sandra Oh, em “Killing Eve”;
  • Julia Roberts, em “Homecoming”;
  • Keri Russell, em “The Americans”.

Melhor Atriz (Comédia ou Musical)

  • Kristen Bell, “The Good Place”;
  • Candace Bergen, “Murphy Brown”;
  • Alison Brie, “GLOW”;
  • Rachel Brosnahan, “The Marvelous Mrs. Maisel”;
  • Debra Messing, “Will & Grace”.

Melhor Atriz (Mini-Série ou Filme Produzido para a Televisão)

  • Amy Adams, em “Sharp Objects”;
  • Patricia Arquette, em “Escape at Dannemora”;
  • Connie Britton, em “Dirty John”;
  • Laura Dern, em “The Tale”;
  • Regina King, em “Seven Seconds”.

Melhor Atriz Secundária

  • Alex Bornstein, em “The Marvelous Mrs. Maisel”;
  • Patricia Clarkson, em “Sharp Objects”;
  • Penelope Cruz, em “The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story”;
  • Thandie Newton, em “Westworld”;
  • Yvonne Strahovski, em “The Handmaid’s Tale”.

Melhor Ator (Drama)

  • Jason Bateman, em “Ozark”;
  • Stephan James, em “Homecoming”;
  • Billy Porter, em “Pose”;
  • Richard Madden, em “Bodyguard”;
  • Matthew Rhys, em “The Americans”.

Melhor Ator (Comédia ou Musical)

  • Sacha Baron Cohen, em “Who Is America?”;
  • Jim Carrey, em “Kidding”;
  • Michael Douglas, em “The Kominsky Method”;
  • Donald Glover, em “Atlanta”;
  • Bill Hader, em “Barry”.

Melhor Ator (Mini-Série ou Filme Produzido para a Televisão)

  • Antonio Banderas, em “Genius: Picasso”;
  • Darren Criss, em “The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story”;
  • Benedict Cumberbatch, em “Patrick Melrose”;
  • Daniel Brühl, em “The Alienist”;
  • Hugh Grant, em “A Very English Scandal”.

Melhor Ator Secundário

  • Alan Arkin, em “Kominsky Method”;
  • Kieran Culkin, em “Succession”;
  • Edgar Ramirez, em “The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story”;
  • Ben Whishaw, em “A Very English Scandal”;
  • Henry Winkler, em “Barry”.

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: rcipriano@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)