Exposições

Exposição com 34 obras candidatas ao Prémio Paula Rego é inaugurada na quinta-feira

245

A exposição da 3ª edição do Prémio Paula Rego vai ser inaugurada na quinta-feira na Casa das Histórias. A exposição englobará 34 obras e até estará disponível até 24 de fevereiro.

O vencedor do Prémio Paula Rego será anunciado a 14 de fevereiro

MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

A exposição da terceira edição do Prémio Paula Rego, com uma seleção de 34 obras de alunos da Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa (FBAUL), vai ser inaugurada na quinta-feira, foi anunciado esta segunda-feira.

De acordo com a Casa das Histórias Paula Rego, que lançou o prémio em parceria com a FBAUL, o concurso visa premiar o talento dos alunos para contar uma história através do desenho.

A exposição tem curadoria de Catarina Alfaro, coordenadora da Casa das Histórias, e a seleção de obras dos alunos foi feita pela própria Paula Rego, artista portuguesa radicada em Londres, sendo o valor do galardão de mil euros.

Trata-se do terceiro ano consecutivo da realização do prémio, e o último dedicado exclusivamente aos alunos da FBAUL, de acordo com a organização.

Um dos acontecimentos mais marcantes da vida de Paula Rego foi, segundo a artista, o prémio que lhe foi atribuído na competição anual SummerComposition, enquanto ainda estudante da Slade School of Fine Art, em Londres, em 1954.

Esse reconhecimento determinaria o seu empenho na construção de um território figurativo pessoal, partindo da literatura para a criação pictórica.

“Paula Rego afirma hoje [segunda-feira, 10] que este prémio lhe deu a confiança necessária para continuar a pintar num contexto que não lhe era favorável, por ser mulher e por não ser britânica. Foi ao recordar o seu impacto que decidiu instituir, no museu dedicado à sua obra, o Prémio Paula Rego”, recorda a curadora, num texto sobre o galardão.

A exposição ficará patente até 24 de fevereiro de 2019 e, antes, a 14 de fevereiro, será anunciado o vencedor.

O Prémio Paula Rego é fundamentalmente um prémio de aquisição — passando a obra premiada a integrar a coleção privada da artista — e é atribuído em simultâneo com o lançamento do catálogo da exposição das obras selecionadas.

Na primeira edição, em 2016, a obra escolhida pela pintora Paula Rego para integrar a sua coleção pessoal foi “O Presente/the Gift”, de Margarida Lestra Salvador.

Nicoleta Sandulescu foi a vencedora da segunda edição do Prémio Paula Rego, com a obra “Comeste? Sim, Mãe”.

Podem concorrer a este prémio todos os alunos inscritos nos cursos do 1.° e 2.° ciclos da FBAUL, com matrícula válida à data da candidatura (ano letivo 2018/19 ou ano letivo 2017/18) e que tenham completado o ciclo de estudos.

Nesta segunda edição, a pintora destacou mais cinco obras de que gostou especialmente: “A aula de natação”, de Maria Inês Alves, “Mrs. May’s dream”, de Mariana Tilly, “Gira-sol”, de Beatriz Fernandes, “Já estive aí”, de Catalina Sandulescu, e “O Caçador”, de Sara Tristão.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)