No cartaz promocional a atuação é anunciada como sendo de “Dave Grohl e amigos”, mas estes não são uns amigos quaisquer. Para uma gala solidária chamada Heaven is Rock & Roll, que se realizará este sábado, 4 de janeiro, no teatro e sala de espetáculos Palladium em Los Angeles, Dave juntou os membros vivos dos Nirvana para uma atuação e ainda lhes acrescentou outros nomes de peso, de Beck e St. Vincent à própria filha do baterista, guitarrista e cantor, Violet Grohl.

A seu lado no Palladium, no sábado, Dave Grohl terá assim não apenas Beck, St. Vincent e a filha, mas também o antigo baixista dos Nirvana, Krist Novoselic, e o guitarrista que se juntou à banda seis meses antes da morte do vocalista Kurt Cobain — tendo atuado, por exemplo, no famoso concerto dos Nirvana no MTV Unplugged —, Pat Smear. Este último faz também parte da banda atual de Grohl, os Foo Fighters.

O génio de Cobain e uma banda à beira do fim: há 25 anos, os Nirvana gravavam o MTV Unplugged

Em 2018, num festival organizado pela banda que integra, os Foo Fighters — o Cal Jam Festival —, Grohl já tinha partilhado o palco com Krist Novoselic e Pat Smear. Em 2013 o trio atuou por exemplo com Paul McCartney, em Seattle, Washington, e com Taylor Hawkins, dos Foo Fighters, em Nova Iorque.

Desta vez, os três terão também companhia — mas de Beck, St. Vincent e Violet Grohl — e participarão numa gala solidária cujas receitas reverterão para a associação The Art of Elysium, que através das artes “apoia pessoas que estejam a enfrentar desafios na sua vida emocional” que vão de “doença a hospitalização, sensação de deslocamento, confinamento e/ou crise”, aponta o site Consequence of Sound.

A gala terá ainda atuações de Marilyn Manson, L7 e Cheap Trick. Os bilhetes já estão à venda no site da associação e organização sem fins lucrativos The Art of Elysium.