Dark Mode Wh poupados com o MEO
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Hoje é um bom dia para mudar os seus hábitos. Saiba mais

"Dear Basketball". A curta de animação que valeu um Óscar polémico a Kobe

Kobe Bryant escreveu, produziu e narrou "Dear Basketball", que em 2018 lhe valeu o Óscar de Melhor Curta Metragem de Animação. Mas em pleno #MeToo, e tendo sido acusado de abuso, houve polémica.

i

Um frame da Curta Metragem de Animação "Dear Basketball"

Um frame da Curta Metragem de Animação "Dear Basketball"

Em 2018, Kobe Bryant venceu o Óscar de Melhor Curta Metragem de Animação com “Dear Basketball”. O filme é produzido e narrado pelo próprio basquetebolista, que também é um dos criadores do guião, e foi realizado por Glen Keane. Mas não foi um prémio bem aceite na cerimónia de Hollywood.

Bryant tinha sido preso em 2003 por alegado abuso sexual em 2003 e apesar de ter sido ilibado, as reações de indignação foram muitas. O basquetebolista foi acusado por uma empregada de um hotel  Colorado de ter sido abusada, Bryant foi detido, mas afirmou sempre que a relação com a jovem de 19 tinha sido consensual. Depois a vítima optou por não ir a tribunal e chegou a acordo extra-judicial.

Mas numa cerimónia marcada pelo #MeToo e pelas muitas referências ao combate ao assédio sexual, o Óscar para Kobe foi visto quase como uma provocação, levando a várias e duras críticas nas redes sociais, Houve mesmo comparações com Harvey Weinstein e vivas a Hollywood

Links promovidos

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.