Phil Spencer, o responsável da Microsoft pela Xbox, revelou esta segunda-feira novos detalhes sobre a sua próxima consola de videojogos, a Xbox Series X. De acordo com a empresa, o aparelho vai ter um processador gráfico de 12 teraflops — é quatro vezes superior quando em comparação com a atual Xbox One — e vai ter a possibilidade de se recomeçar um jogo suspenso quase instantaneamente.

Outra das promessas feitas por Spencer é que a “os jogos que já existem para Xbox One, incluindo jogos Xbox 360 compatíveis e jogos Xbox originais” vão poder ser jogados na nova consola e vão “beneficiar de framerates mais sólidos, tempos de carregamento mais rápidos, bem como resolução melhorada e uma maior fidelidade visual”.

Quanto à parte técnica, a Xbox Series X, à semelhança da PlayStation 5, vai contar com a tecnologia de armazenamento SSD, que permite que o carregamento de jogos e programas seja mais rápido. Além disso vai ter “suporte até 120 frames por segundo” o que permitirá aos produtores criarem jogos com “realismo cada vez mais elevado ou acção cada vez mais autêntica”, diz Spencer.

A Xbox Series X é a consola com que a Microsoft quer concorrer contra a PlayStation 5, que também ainda não foi lançada, e a Nintendo Switch. O aparelho deve chegar ao mercado ainda em 2020 durante “a época natalícia”. A empresa vai revelar mais detalhes “durante os próximos meses”. Este modelo vai substituir as consolas Xbox One, atualmente no mercado.