A canoísta portuguesa Joana Vasconcelos venceu este domingo a a prova de K1 500 metros na Taça do Mundo de Velocidade, que se disputou em Szeged, na Hungria. Vasconcelos superou a espanhola Isabel Contreras, que ficou em segundo lugar, e a belga Hermien Peters, em terceiro, juntando assim uma medalha de ouro à de bronze alcançada no sábado na prova de K1 200 metros.

Esta é a sexta medalha portuguesa nesta Taça do Mundo de Canoagem. Além das duas conseguidas por Joana Vasconcelos, Fernando Pimenta alcançou outras duas (o ouro em K1 1.000 metros e a prata em K1 500 metros, passando a somar 99 medalhas em competições internacionais), o mesmo número das arrecadadas por Norberto Mourão na paracanoagem (bronze em VL2 500 metros e ouro em VL2 200 metros).

Pimenta disputa durante a tarde deste domingo a prova de K1 5000 metros. O atleta pode chegar às 100 medalhas internacionais, caso seja um dos três primeiros na final desta prova em que foi campeão mundial em 2017 e 2018 e terceiro em 2019, precisamente em Szeged.

Artigo atualizado às 13h56 com mais informação