Dois filmes portugueses produzidos pela cooperativa de cinema de animação BAP Studio integram a competição do Festival de Cinema de Animação de Zagreb, previsto para junho na Croácia.

De acordo com a programação anunciada, na competição internacional estarão as curtas-metragens “O homem do lixo”, de Laura Gonçalves, e “Garrano”, de David Doutel e Vasco Sá.

O festival de Zagreb, dedicado apenas ao cinema de animação, recebeu 1.800 filmes de 91 países, metade dos quais para a competição internacional, tendo sido escolhidos apenas 47 para exibição nesta secção, incluindo as duas produções portuguesas.

“O homem do lixo” é o mais recente filme escrito e realizado em nome próprio por Laura Gonçalves, depois de em 2017 ter coassinado a curta “Água mole”, com Alexandra Ramires.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Com estreia internacional marcada para Zagreb, o filme é sobre recordações e memórias, a partir da história de vida “do tio Botão”, que trabalhou emigrado em França como homem do lixo, lê-se na sinopse.

Antes do festival croata, “O homem do lixo” integra este mês a competição portuguesa do festival Monstra, em Lisboa.

“Garrano” volta a juntar os realizadores e produtores Vasco Sá e David Doutel, numa ficção sobre um rapaz que é pago para atear um fogo num pinhal.

Os dois realizadores já partilharam a experiência da realização de cinema de animação em outras três curtas-metragens: “O sapateiro” (2011), “Fuligem” (2014) e “Agouro” (2018).

“O homem do lixo” e “Garrano” são duas das mais recentes produções da BAP Studio, uma cooperativa dedicada ao cinema de animação, no Porto, com uma década de existência e que se autonomizou a partir da produtora Bando à Parte, de Rodrigo Areias.

Entre os filmes já produzidos, e premiados internacionalmente, estão “Elo” (2020), de Alexandra Ramires, “Purpleboy” (2019), de Alexandre Siqueira, e “Das gavetas nascem sons”, de Vitor Hugo Rocha.

A propósito do décimo aniversário — assinalado em 2021 –, o trabalho do BAP Studio é o motivo de uma exposição, sobre dez filmes nele produzidos, que está já patente na Sociedade Nacional de Belas Artes, em Lisboa, no âmbito do festival Monstra.

Fundado em 1972, o Festival de Cinema de Animação de Zagreb decorrerá de 6 a 11 de junho.