Momentos-chave
Histórico de atualizações
  • Bom dia! Este liveblog fica por aqui. Se quiser continuar a seguir a evolução da pandemia de Covid-19 em Portugal e no mundo, pode fazê-lo a partir desta ligação.

    Vacina da Johnson & Johnson deverá ser recomendada com limite de idade

  • Brasil chega a 14 milhões de casos e volta a superar 3.000 mortos em 24 horas

    O Brasil chegou hoje aos 14 milhões de casos (14.043.076) de Covid-19 e 378.003 mortos, após ter somado 69.381 novas infeções e 3.321 óbitos nas últimas 24 horas, informou o Governo Federal.

    Os números fazem parte do último boletim epidemiológico difundido pelo Ministério da Saúde, que dá conta de uma taxa de incidência da doença no país, que atravessa o seu momento mais critico da pandemia, de 180 mortes e 6.682 casos por 100 mil habitantes.

    Estes dados confirmam o Brasil como o segundo país em todo o mundo com mais mortes devido à Covid-19, depois dos Estados Unidos, e o terceiro com mais casos, depois da nação norte-americana e da Índia.

  • Espanha prolonga restrições para voos do Brasil e da África do Sul

    O Governo espanhol prolongou até 11 de maio as restrições em vigor aos voos provenientes do Brasil e da África do Sul, podendo apenas aterrar no país aviões com espanhóis ou residentes e também com passageiros em trânsito internacional.

    A porta-voz do executivo espanhol, María Jesús Montero, recordou que a sexta prorrogação da medida em vigor desde 2 de fevereiro é feita “na medida em que a situação sanitária assim o recomende“.

    Apenas cidadãos espanhóis e de Andorra, assim como os estrangeiros residentes nestes dois países podem chegar a Espanha a partir do Brasil e da África do Sul.

  • Presidência da União Europeia. Bruxelas confia em acordo célere sobre certificado digital

    A Comissão Europeia confia e espera que a presidência portuguesa consigam um acordo sobre o certificado verde digital, para facilitar a livre circulação no contexto da pandemia de Covid-19.

    Presidência da União Europeia. Bruxelas confia em acordo célere sobre certificado digital

  • 25 Abril. Desfile vai voltar à Avenida da Liberdade com regras devido à pandemia

    A comemoração do 25 de abril, com o seu desfile tradicional, vai regressar à Avenida da Liberdade — ainda que com algumas restrições impostas pela DGS devido à pandemia de Covid-19.

    25 Abril. DGS autoriza desfile na Avenida da Liberdade

  • Angola com 143 novos casos, dois mortos e 47 recuperações em 24 horas

    Angola registou 143 novos casos de Covid-19 em 24 horas, assim como duas mortes e 47 recuperações da doença, anunciou hoje o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda.

    Dos novos casos, 133 foram registados na província de Luanda, sete no Cuanza Norte, um em Malanje, um no Uíge e um no Zaire, com idades entre os 07 e os 71 anos, sendo 116 do sexo masculino e 27 do sexo feminino, referiu um documento assinado por Mufinda.

    De acordo com as autoridades de saúde angolanas foram registadas duas mortes na província de Luanda, com 60 e 72 anos.

  • Madeira tem 17 novos casos de infeção

    A Madeira registou hoje 17 novos casos de infeção por SARS-CoV-2, todos de transmissão local, e 48 recuperações, segundo o boletim epidemiológico da Direção Regional de Saúde (DRS).

    A região passa assim a contabilizar 8.774 casos confirmados de Covid-19 desde 16 de março de 2020, 8.422 doentes recuperados e 71 óbitos associados à doença.

    Ainda segundo a DRS, neste momento há 281 situações ativas no arquipélago, das quais 21 são importadas e 260 de transmissão local.

  • Covid-19. Anticorpos humanos pouco eficazes contra mutações nos visons

    Os anticorpos humanos testados em laboratório não foram totalmente eficazes a neutralizar o SARS-CoV-2 com uma mutação que se desenvolveu nos visons. A mutação pode transmitir-se entre humanos.

    Covid-19. Anticorpos humanos pouco eficazes contra mutações nos visons

  • Um em cada quatro franceses já foram vacinados com uma primeira dose

    França já vacinou 24,8% da sua população, ou seja, um em cada quatro franceses já receberam a primeira dose da vacina, embora o número de pacientes em estado grave continue a aumentar, segundo divulgaram hoje as autoridades sanitárias gaulesas.

    Segundo o Presidente República, Emmanuel Macron, o país está “no bom caminho” ao já ter vacinado com a primeira dose 12.999.655 pessoas.

    “As coisas estão a acelerar-se”, fez saber o Presidente esta tarde a partir do Palácio do Eliseu.

  • Mais dois óbitos e 81 novos casos em Moçambique

    Mais duas pessoas morreram devido ao novo coronavírus em Moçambique e outras 81 foram infetadas nas últimas 24 horas, anunciou hoje o Ministério da Saúde. Os dois óbitos, de moçambicanos com 39 e 46 anos, ocorreram hoje, indicou uma nota de atualização de dados sobre a pandemia.

    O país africano tem um total acumulado de 802 óbitos e 69.309 casos, dos quais 89% recuperados e 42 internados. Tem ainda 6.180 casos ativos, do total de 505.597 suspeitos testados desde o anúncio do primeiro caso em março de 2020.

  • Reino Unido avança com desenvolvimento de comprimidos para tratar a Covid-19 em casa

    O Governo britânico anunciou a criação de um grupo de trabalho para identificar tratamentos para pacientes que foram expostos à Covid-19 para impedir a propagação da infeção e acelerar a recuperação.

    Reino Unido avança com desenvolvimento de comprimidos para tratar a Covid-19 em casa

  • Ibero-Americana. Costa ataca proibição de exportações e guerras nacionais em torno das vacinas

    Durante a sua segunda intervenção no Fórum Empresarial Ibero-Americano, o Primeiro-ministro atacou as políticas de fecho de fronteiras para impedir a saída de vacinas e as “guerras nacionais”.

    Ibero-Americana. Costa ataca proibição de exportações e guerras nacionais em torno das vacinas

  • Guiné-Bissau regista mais um caso para acumulado de 3.713

    A Guiné-Bissau registou mais um caso de infeção pelo novo coronavírus, segundo dados hoje divulgados pelo Alto Comissariado para a Covid-19.

    Segundo os dados, segunda-feira, foi registado mais um caso para um total acumulado de 3.713 e realizados 297 testes.

    O Alto Comissariado para a Covid-19 indica também que mais 28 pessoas foram dadas como recuperadas da doença para um total acumulado de 3.170 e que há 471 casos ativos no país.

  • "Estratégia planeada, massiva e sistemática". Portugal vai alargar testes a pessoas assintomáticos e sem contacto com infetados

    Portugal vai alargar a testagem para detetar mais precocemente casos de Covid-19. Agora, além das pessoas sintomáticas e daquelas que tiveram em contacto de pessoas com Covid-19, a testagem vai ser alargada a pessoas sem sintomas e sem qualquer exposição ao vírus.

    De acordo com o plano divulgado esta terça-feira pela task force para a estratégia de testagem, haverá uma “estratégia planeada, massiva e sistemática de testagem, inclusiva e participativa, e que envolve todos os cidadãos e as organizações e serviços dos vários setores (público, social e privado), para detetar precocemente situações com potencial risco de ocorrência de surtos e, assim, quebrar as cadeias de transmissão”.

  • Países Baixos sem recolher obrigatório e reabrem esplanadas em 28 de abril

    O primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, anunciou hoje o relaxamento de medidas contra a Covid-19 nos Países Baixos, nomeadamente o levantamento de recolher obrigatório e a reabertura parcial das esplanadas dos cafés a partir de 28 de abril.

    A introdução do recolher obrigatório em janeiro, o primeiro nos Países Baixos desde a II Guerra Mundial, gerou os piores confrontos no país nas últimas décadas.

    “É claro que estamos felizes que isso seja possível novamente, já que a sociedade aspira a mais liberdade”, disse Rutte durante uma conferência de imprensa, acrescentando que se trata de “um passo muito cauteloso”.

    As esplanadas vão poder reabrir entre as 12h00 e as 18h00 e acomodar um máximo de 50 pessoas ao mesmo tempo.

  • 27 milhões de pessoas já foram vacinadas com a segunda dose na União Europeia

    O vice-presidente executivo da Comissão Europeia Maros Sefcovic informou hoje que cerca de 27 milhões de pessoas já foram vacinadas com a segunda dose da vacina contra a covid-19 na União Europeia (UE).

    “A vacinação está a acelerar em toda a Europa, mais de 100 milhões de pessoas na UE já receberam pelo menos uma dose da vacina e 27 milhões de pessoas já foram totalmente vacinadas”, referiu Maros Sefcovic.

    O vice-presidente executivo com a pasta das Relações Interinstitucionais falava em conferência de imprensa à saída Conselho de Assuntos Gerais da UE que foi presidido, a partir de Bruxelas, pela secretária de Estado dos Assuntos Europeus, Ana Paula Zacarias.

  • Itália. Casos ativos em queda desde 6 de abril

    Itália soma mais 12.074 casos de infeção por Covid-19 e mais 390 mortes nas últimas 24 horas, segundo o Ministério da Saúde do país. O número de novos casos confirmados diminuiu em relação à terça-feira passada (13.447) e o de mortes também (476).

    O jornal Corriere della Serra indica que os casos ativos, atualmente 482.715, estão em queda contínua desde o dia 6 de abril.

    São no total 3.891.063 pessoas infetadas desde o início da pandemia e já morreram 117.633 no país pelo novo coronavírus.

  • Covid-19. Johnson & Johnson vai retomar envio de vacinas para a União Europeia

    A União Europeia, Noruega e Islândia vão voltar a receber a vacina da Jansen (Johnson & Johnson). A EMA confirmou que avaliação de risco-benefício da vacina “continua a ser positiva”.

    Covid-19. Johnson & Johnson vai retomar envio de vacinas para a União Europeia

  • Espanha. Número de vacinados vai superar total de infeções

    Segundo o jornal El País, o Ministério da Saúde registou hoje 7.486 infecções e 114 mortes. A incidência permanece estável em 230 casos por 100 mil habitantes em 14 dias.

    O jornal espanhol escreve ainda que a ministra da Saúde anunciou hoje que o número de pessoas completamente vacinadas com vacina contra a Covid-19 vai superar o total de infeções durante a pandemia. Carolina Darias lembra que, até ontem, 3,4 milhões receberam as duas doses (número ligeiramente inferior ao total de casos). “Já temos mais ritmo do que o próprio vírus.”, afirmou a ministra no Senado, acrescentando que Espanha é um dos três países europeus que mais administrou vacinas por 100 mil habitantes.

    O número total de pessoas infetadas chegou a 3.435.840 e 77.216 morreram desde o início da pandemia no país.

  • Reino Unido. Números aumentam comparativamente à semana passada

    Reino Unido regista hoje mais 2.524 casos de Covid-19 – acima dos 2.472 da última terça-feira. E 33 pessoas morreram nas últimas 24 horas, em comparação com 23 mortes relatadas na terça passada.

    Num país com mais de 66 milhões de habitantes, 33.032.120 já receberam a primeira dose e 10.425.790 a segunda dose de vacina contra a Covid-19.

    Os números do governo mostram que 127.307 já morreram devido ao novo coronavírus desde o início da pandemia e o total de pessoas que já testaram positivo é de 4.393.307.

1 de 4