Logo Observador
Festival Eurovisão da Canção

O recado de Salvador Sobral no Parlamento: “Pode ser que esta vitória possa dar uma fatia maior do orçamento à cultura”

10.601

Salvador Sobral falou à saída da Assembleia da República, esta sexta-feira, sobre o futuro da cultura e da sua própria carreira após ter sido homenageado com a irmã, Luísa Sobral.

O Parlamento aprovou por unanimidade e com uma ovação de pé um voto de saudação aos irmãos Sobral

MÁRIO CRUZ/LUSA

Salvador Sobral disse esta sexta-feira à saída do Parlamento que espera que a sua vitória no Festival da Eurovisão “possa dar uma fatia maior do orçamento à cultura, que tem sido bastante esquecida”. Após uma homenagem dos deputados, Salvador e a irmã, Luísa Sobral, almoçaram com o Presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues.

À saída, Salvador explica que os três falaram “um bocadinho sobre tudo” mas, em especial, da cultura.

Sobre o vídeo que circula nas redes sociais em que canta com Caetano Veloso, em casa da fadista Carminho, Salvador garante que conhecer Caetano “foi a melhor coisa desta experiência toda, não desfazendo a vitória“. Os músicos jantaram em casa de Carminho após o concerto de Caetano Veloso em Lisboa. “Ele conhecia a Eurovisão”, garante Salvador.

Vídeo. Salvador Sobral e Caetano Veloso cantam em casa de Carminho

A agenda para os próximos meses está cheia (e esgotada) e isso não espanta o cantor: “Depois daquela noite louca, estava à espera” mas não sabe se “Amar Pelos Dois” fará parte do repertório.

O cantor falou ainda de Alexander Search, o novo projeto musical criado por Júlio Resende ao qual se juntou como vocalista. A banda tem na base a poesia de Fernando Pessoa que o poeta escreveu em inglês sob o heterónimo Alexander Search, criado quando ainda vivia na África de Sul. Do grupo musical, fazem parte ainda outros três músicos.

Os próprios membros da banda adotaram heterónimos. Salvador Sobral é Benjamin Cymbra. “Nunca serei o Salvador Sobral”, disse o vencedor pedindo que respeitam esta escolha nos futuros concertos. “A música é boa, espero que gostem”, garantiu ainda. O primeiro álbum da banda será editado em junho mas a primeira música, “A Day of Sun”, já foi divulgada.

A irmã Luísa tomou conta dos microfones sempre que Salvador se esquivava, admitindo que foi “uma honra enorme” estar no Parlamento e uma honra maior ver as versões de “Amar Pelos Dois” que surgem na Internet.

Quando fazemos uma música e ela chega lá fora, deixa de ser nossa e isso é bonito. Acho bonito que as pessoas mudem a canção e a tornem delas.”

“Amar pelos Dois”, a canção interpretada por Salvador Sobral com letra e música da irmã, deu a vitória a Portugal, em Kiev, na Ucrânia. Alcançou 758 pontos na votação combinada dos júris nacionais e do público.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Festival Eurovisão da Canção

Portugal: doze pontos

Alberto Gonçalves
2.492

A Eurovisão está para a música como o restaurante do Barbas para a literatura ou o clã Mortágua para a economia. Mas bastou reconhecer esta nação valente para que adquirisse o prestígio de Bayreuth.

Democracia

Fogo cruzado sobre a caça ao voto

António Coutinho

Sem me arrogar quaisquer competências em politologia, julguei pertinente avançar algumas razões em defesa da escolha aleatória da representação democrática que não têm sido devidamente consideradas.