Logo Observador
Presidenciais em França

O esquerdismo infantil de Louçã, hoje como sempre

A nossa extrema-esquerda não consegue apelar ao voto em Macron contra Le Pen. Nisso está com Mélenchon. Para Louçã fazê-lo seria mesmo uma "precipitação". O Bloco não suja as mãos apoiando banqueiros.

Política Económica

Os riscos dos erros e incompetências na governação

A primeira década do século XXI foi para Portugal rica em ilusões que se traduziram numa pesada factura. Resta-nos esperar que estes últimos dois anos não estejam a agravar a conta já muito elevada.

Política

O mundo aos pedaços

Ninguém se incomoda com a esquerda se considerar dona do país e agir em conformidade com esse título de proveniência duvidosa, procurando abafar tudo o que represente independência e contra-poder.

Marcelo Rebelo de Sousa

Desacertos

Actuar assim, como Marcelo fez ao correr para o aeródromo de Tires, é exibir perante o país que nunca o Presidente tem em mãos um assunto, uma reflexão, cuja complexidade o impeça de sair porta fora

caderno de apontamentos

É favor desobedecer

As competências mais importantes em 2020 serão pensamento crítico, resolução de problemas, criatividade, coordenação e gestão de equipas. E deveriam ser ensinadas nas escolas. Infelizmente, não são.

Futebol

A dança da chuva

Deus, no futebol, só José Mourinho, como se verá para o ano, quando o Manchester United voltar ao que tem sido a sua performance média dos últimos 30 anos e ganhar o campeonato inglês.

França

A França, o homem doente da Europa

Rui Ramos

O futuro da União Europeia não se decide na Grécia ou no Reino Unido, mas em França, o novo "homem doente da Europa": é aí que a integração europeia se pode consertar ou quebrar de vez.

371
Crónica

O cidadão às compras

Miguel Tamen

A Loja do Cidadão parece sugerir que a nossa relação com o estado pode ser descrita como uma relação de comércio. Mas isso é dar-lhe um aspecto de primeira necessidade que talvez seja exagerado.