Um grupo de alpinistas mexicanos encontrou vestígios mumificados de dois homens. A descoberta aconteceu quando subiam ao vulcão Pico de Orizaba ou Citlaltépetl, situado na montanha mais alta do México, segundo o jornal espanhol ABC, que citava as autoridades locais.

As duas múmias encontravam-se congeladas e foram localizadas a aproximadamente 5,270 metros de altitude, naquele que é o terceiro vulcão mais alto do hemisfério ocidental, reportou Juan Navarro, presidente da câmara de Chalchicomula de Sesma na região de Pueble (Mexico) à ABC.

Já no fim de semana passado, seis alpinistas tinham encontraram por acidente o corpo congelado de um homem que alegadamente teria morrido no vulcão, há cerca de 50 anos.

Após terem reportado o acontecimento à Cruz Vermelha Mexicana, foi organizada uma expedição ao local liderada pelo alpinista Hilario Aguilar, acompanhado de 12 alpinistas profissionais.

Cerca de 11 horas após o inicio da expedição, foram encontradas as duas múmias que se pensam ser de alpinistas desaparecidos, diz o ABC.