Na vitrina onde guarda o Óscar de melhor atriz pelo filme “A Rainha”, Helen Mirren pode agora juntar o Tony de melhor atriz. A cerimónia dos Tony Awards, o equivalente aos Óscares do teatro nos Estados Unidos, teve lugar este domingo em Nova Iorque e premiou também Michael Cerveris, Kelly O’Hara e Alex Sharp.

A atriz de 69 anos, que pode ser vista atualmente nos cinemas portugueses com o filme “Mulher de Ouro”, levou para casa o Tony de melhor atriz pela peça “The Audience”, onde interpreta mais uma vez o papel de rainha. “Sua Majestade, você fê-lo de novo”, brincou Helen Mirren.

Na categoria de melhor ator, o jovem Alex Sharp, de 25 anos, bateu a concorrência de Bradley Cooper, Steven Boye, Ben Miles e Bill Nighy. A reação foi efusiva: “Oh meu deus, oh meu deus. Wow, é de loucos. Deus! Há um ano, por esta altura, estava a receber o diploma da Juilliard, pelo que estar a segurar este prémio é inacreditável”.

A cerimónia foi apresentada por Alan Cumming e Kristin Chenoweth, que também estava nomeada para melhor atriz num musical por “On the Twentieth Century”. Foram muitas as celebridades a pisar a passadeira vermelha da 69.ª cerimómia dos Tony Awards. Sting, Alan Cumming e Monica Lewinsky.

17 fotos

“Fun Home” e “The Curious Incident of the Dog in the Night-Time”, vencedoras na categoria de melhor musical e melhor peça, respetivamente, somaram cinco Tony cada uma. Michael Cerveris e Kelli O’Hara foram os vencedores do Tony de melhor ator e atriz em musical. A lista completa de vencedores pode ser consultada no site oficial dos Tony.