440kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Eusébio no Panteão: saiba como será a cerimónia

Este artigo tem mais de 5 anos

O percurso da cerimónia de trasladação dos restos mortais do futebolista Eusébio acontece no dia 3 de julho. Com paragens pelo Estádio da Luz e Marquês de Pombal. Rui Veloso e Dulce Pontes atuam.

O projeto de resolução para conceder honras de Panteão Nacional a Eusébio da Silva Ferreira foi subscrito por todos os grupos parlamentares e aprovado por unanimidade, em 20 de fevereiro
i

O projeto de resolução para conceder honras de Panteão Nacional a Eusébio da Silva Ferreira foi subscrito por todos os grupos parlamentares e aprovado por unanimidade, em 20 de fevereiro

AFP/Getty Images

O projeto de resolução para conceder honras de Panteão Nacional a Eusébio da Silva Ferreira foi subscrito por todos os grupos parlamentares e aprovado por unanimidade, em 20 de fevereiro

AFP/Getty Images

Já é conhecido o percurso da cerimónia de trasladação dos restos mortais do futebolista Eusébio no dia 3 de julho. O percurso até ao Panteão começa às 15h15, constando paragens no Estádio da Luz, no alto do Parque Eduardo VII e na Assembleia da República. Também estão programadas atuações de Rui Veloso e Dulce Pontes, anunciou a Presidente da Assembleia da República, em comunicado.

O cortejo fúnebre de 3 de julho vai ter início às 15:15, com a saída da urna do antigo internacional português do cemitério do Lumiar em direção ao Seminário da Luz, onde terá lugar uma missa privada. O mapa interativo abaixo mostra as principais paragens.

O cortejo percorre depois a Avenida Eusébio da Silva Ferreira, passando pelo Estádio da Luz, Campo Grande, praça Marquês de Pombal e alto do Parque Eduardo VII. Os restos mortais de Eusébio ainda passarão pela sede da Federação Portuguesa de Futebol e pela Assembleia da República. A chegada ao Panteão Nacional, na Graça, está programada para as 19h00.

Infografia

(Clique na imagem para melhor definição)

Dulce Pontes vai cantar o hino, “A Portuguesa”, enquanto o antigo jogador de Benfica e da seleção portuguesa António Simões fará um elogio fúnebre. A presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves, e o Presidente da República, Cavaco Silva, também vão discursar, seguindo-se a atuação de Rui Veloso, que interpretará duas canções.

Cavaco Silva, Assunção Esteves e o primeiro-ministro, Passos Coelho, irão depois assinar o “termo de sepultura”, por volta das 20h00, ouvindo-se novamente o hino nacional, executado pela banda da Guarda Nacional Republicana.

Na Assembleia da República vai estar patente a exposição “Portugal Eusébio”, coorganizada pelo parlamento e o museu do Benfica Cosme Damião, entre 24 de junho e 31 de julho.

O projeto de resolução para conceder honras de Panteão Nacional a Eusébio da Silva Ferreira foi subscrito por todos os grupos parlamentares e aprovado por unanimidade, em 20 de fevereiro, cerca de um ano depois da sua morte.

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.