Um professor de ciência política põe os alunos a discutir a matéria através de ficção científica. A ideia é original e tem produzido resultados úteis, defende Jake Bowers. Professor na Universidade do Illinois, que a põe em prática na disciplina “Política do Futuro”. A conversa começa precisamente pelo porquê de usar ficção para discutir problemas tão concretos como os discutidos na política.

[jwplatform PgwIDoQM]

Claro que a discussão de temas a este nível levanta discussões. E os alunos mais capazes de desenvolver a argumentação acabam por revelar perspetivas surpreendentes, pelo que interessa perceber o que aprendeu o professor Bowers com estes desafios académicos.

[jwplatform TTiu6sxG]

Jake Bowers esteve em Portugal na conferência “Admirável Mundo Novo” organizada pela FFMS, tendo entrevistado o escritor de ficção científica Bruce Sterling. Nessa conversa Sterling fez uma proposta original: que Portugal desse ao mundo um sinal de compromisso com o mundo digital, comprando a Wikipedia e viabilizando o projeto que não tem fins lucrativos. Bowers defende outra ideia:

[jwplatform FFfDifns]

Para terminar vale a pena voltar ao início. Se a ficção é útil para ensinar alunos, não será também útil para doutrinar políticos no ativo? Jake Bowers diz que sim.

[jwplatform fuApvYD6]