Elton John recebeu uma chamada de Putin, mas agora… foi mesmo a sério.

O compositor e músico anunciou na semana passada, através de um post no Instagram, que Putin lhe tinha ligado. Mas afinal não tinha, ou melhor tinha, mas quem falou com Elton John ao telefone foi alguém a fazer-se passar pelo líder russo. O músico foi vítima de uma brincadeira por parte de dois comediantes, Vladimir Krasnov e Alexey Stolyarov.

Desta vez… a verdade é que o telefonema aconteceu mesmo. Elton John recebeu de facto uma chamada do presidente russo Vladimir Putin. Putin quis atender ao pedido do músico, que há alguns meses tinha solicitado um encontro para discutir as questões dos direitos dos homossexuais na Rússia, conta o The New York Times.

Uma ideia que não era boa para o Kremlin, mas que afinal passou a ser. “Putin falou com Elton John,” disse o porta-voz do presidente, Dmitri S. Peskov. “Putin ligou e disse: sei que foi alvo de uma brincadeira, mas não fique chateado com eles. Eles são inofensivos, apesar ser, sem dúvida, impossível justificá-los”, acrescentou.

Peskov contou ainda que Putin sabe que Elton John é um artista popular e que se no futuro os seus horários coinciderem estará disponível para se encontrarem e discutirem todas as questões necessárias. Os comediantes também já se apressaram a comentar o telefonema, agora verdadeiro, e até aproveitaram para se auto-elogiarem, dizendo que estão muito satisfeitos por terem conseguido apressar a reunião entre o presidente e Elton John.

O telefonema a brincar , que agora foi a sério, aconteceu a propósito de Elton John ter dito a um repórter da BBC durante uma visita à Ucrânia que gostaria de conhecer Putin face à sua abordagem sobre os temas homossexuais, que segundo Elton John é preconceituosa.