O nome Miley Cyrus é facilmente reconhecível e Selena Gomez também começa a ser — especialmente depois do lançamento do sensual videoclipe da música “Hands to Myself“. É um fenómeno que não é novo. Acontece geração após geração às personagens principais das séries de televisão infantis de canais como a Disney ou Nickelodeon.

Começam por ser meros adolescentes que dão a cara por enredos divertidos mas rapidamente se transformam em estrelas com grande sucesso de audiências. Uma fama prematura que vem carregada de responsabilidades para um público que os vê como um exemplo a seguir e ainda de um contrato que os proíbe de ter qualquer atitude imprópria. Não podem usar decotes, ter comportamentos rebeldes e — muito menos — dizer palavrões.

Assim que o contrato acaba, acordam para uma infinidade de possibilidades que pode facilmente levá-los para maus caminhos. Grande parte deles deixa de lado a representação e dedica-se à música, passando a querer mostrar ao mundo quem realmente são: provocadores, atrevidos e (literalmente) despidos de preconceitos. Miley Cyrus, a estrela de Hannah Montana, é um desses exemplos. A figura pública que provavelmente mais nasceu no meio de expectativas — por ser filha do famoso cantor Billy Ray Cyrus — foi aquela que mais desiludiu os fãs pela excentricidade da sua personalidade e irreverência das roupas.

Por sua vez, as cantoras Selena Gomez — estrela da série Os Feiticeiros de Waverly Place –, Demi Lovato — do filme Camp Rock — e Ariana Grande — da série Victorious — também estão a dar que falar três anos depois de se terem afastado dos programas destinados aos mais novos. Se Grande aparece agora provocante à frente das câmaras em “Focus”, Lovato está mais confiante em “Cool for the Summer” onde não faltam decotes, nudismo e poses sensuais.

Se eles evoluíram como pessoas, o mesmo se pode dizer das músicas. Enquanto antes as letras se focavam nas emoções do primeiro amor ou do primeiro beijo, agora têm um cariz altamente sexual. Por exemplo, os irmãos Nick e Joe Jonas — da série Jonas — não poupam nas modelos destapadas e até Zendaya — de Shake it Up! — não dispensa os comentários sensuais.

Comprove, em fotogaleria, todas as estrelas de séries de televisão infantis/adolescentes que cresceram, saíram da casca e estão a dar (muito) que falar.

Texto editado por Ana Dias Ferreira.