A cantora britânica Adele assinou um contrato com a Sony Music no montante de 90 milhões de libras (117 milhões de euros), um dos maiores contratos alguma vez assinados, segundo a imprensa britânica.

A artista de 28 anos foi contactada pela Sony quando o contrato com sua anterior editora – a independente XL Recordings – expirou depois do álbum “25”, que saiu no ano passado.

O contrato com a Sony prevê a entrega de vários álbuns, segundo o jornal Guardian, que não especifica o número.

“Nós assegurámos os serviços de Adele”, declarou anteriormente ao Sun uma fonte interna da Sony Music, citada segunda-feira pelo tablóide. “O acordo está a ser concluído pela nossa editora Columbia, nos Estados Unidos, e chega a 90 milhões de libras”, precisou a mesma fonte.

A título de comparação, em 2002, o cantor britânico Robbie Williams e a editora EMI fecharam um contrato de 80 milhões de libras (104 milhões de euros), um ano após a assinatura de um acordo de 70 milhões de libras (91 milhões de euros) entre a cantora Whitney Houston e a Arista Records.

Adele – que revelou domingo o videoclipe da canção “Send my Love (To your new lover)”- é a artista que vendeu mais discos no mundo em 2015 com o seu terceiro álbum “25” e, em particular, com a balada “Hello”, segundo a Federação Internacional da Indústria Discográfica, que não revela números precisos.

Entre as várias gravações da sua autoria, a cantora chegou a mil milhões de visualizações no Youtube com “Hello” em apenas 88 dias.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR