O piloto português Miguel Oliveira, aos comandos de uma KTM, deixou esta sexta-feira Jerez de la Frontera, Espanha, com o terceiro melhor tempo global ao fim dos três dias de testes de pilotos do Mundial de Moto2.

Miguel Oliveira conseguiu como melhor tempo 1.42,316 minutos, ficando a apenas três décimos do mais rápido.

Nunca foi o nosso principal objetivo fazer um tempo referência, mas, quando aconteceu, foi naturalmente bem-vindo. Mas, acima de tudo isso, colocou um ponto final em algumas dúvidas que tínhamos e que foram esclarecidas (…), a nossa moto esteve sempre muito competitiva”, avaliou o piloto português, em declarações à sua assessoria de imprensa.

Em resumo, Miguel Oliveira acrescentou que a KTM deu nota positiva ao fim dos três dias de testes: “Depois destes três dias, estamos mais tranquilos quanto ao nosso potencial.”

Os próximos testes de Miguel Oliveira e do ‘pelotão’ do Campeonato do Mundo de Moto2 serão realizados entre 17 e 19 de março, no circuito de Losail, no Qatar, o mesmo que acolherá a primeira prova do campeonato, no dia 26.