A residência para estudantes da “Cité Internationale Universitaire de Paris”, uma universidade privada, era tão aborrecida como qualquer outro dormitório. As paredes estavam brancas ou amareladas com a passagem do tempo e não havia qualquer pista de cor e criatividade nos corredores. A escola tinha noção disso, por isso inscreveu o espaço no projeto REHAB2, um festival de arte urbana que decorreu na capital francesa entre 16 de junho e 16 de julho. E o resultado foi um novo mundo de arte e imaginação às vezes até psicadélico.

Para o grande projeto, a residência abriu portas a 100 artistas de rua munidos de latas de tinta. Cada um escolheu um espaço e fizeram dele tudo o que quiseram. Tudo mesmo: cartoons, graffitis tridimensionais, exibições com o próprio material escolar e as mesas gastas das salas de estar. Um problema: o dormitório era apenas uma tela provisória. Em outubro, a residência vai voltar às típicas paredes brancas depois de passar por um processo de renovação. Por isso, os artistas chamaram um fotógrafo para eternizar as obras de arte. E as imagens estão agora nas redes sociais.

Na fotogaleria, recolhemos 66 delas, mas pode encontrar algumas mais na página Jonk Photography.