O barco espanhol Mapfre venceu a segunda etapa da Volvo Ocean Race, que saiu de Lisboa em 5 de novembro e chegou sexta-feira à Cidade do Cabo, na África do Sul.

Depois de 19 dias no Atlântico, durante os quais a frota percorreu 7 mil milhas náuticas (12.964 km), o Mapfre foi o primeiro a chegar à Cidade do Cabo, deixando para trás o Dongfeng e o Vestas, que seguem nas segunda e terceira posições, respetivamente.

“Estamos superfelizes. As etapas estão cada vez mais apertadas e por isso os pequenos erros pagam-se caros. Tivemos a sorte de cometer poucos erros por isso ganhámos”, disse o ‘skipper’ Xabi Fernandez, no final da etapa, que o Mapfre conclui em 19 dias, uma hora e 10 minutos.

A terceira etapa da Volvo Ocean Race, a maior competição de vela oceânica do mundo, vai ligar a Cidade do Cabo a Melbourne, na Austrália.

Esta edição, que partiu de Alicante (Espanha), em 22 de outubro, tem chegada prevista para Haia (Holanda), em 30 de junho de 2018, depois de 11 etapas em 12 países, com um total de 45 mil milhas náuticas (83.400 quilómetros).