Bonecos da Lego que lembram soldados nazis são a nova polémica na Alemanha e podem ser comprados à distância de um clique, na Amazon.

Segundo a Quartz, basta escrever “Wehrmacht Lego” — “Wehrmacht” era o nome das forças armadas alemãs — para aparecer um conjunto de opções destas ‘figuras nazis’.

As figuras nazi que estão à venda na Amazon alemã.

Os bonecos são construidos com partes reais de figuras da Lego, mas são vendidos por outros fornecedores na plataforma de vendas online. Os vendedores independentes transformam então as tradicionais peças em ‘soldados nazi’ e em tanques de guerra pintados com insígnias da Wehrmacht.

Um pai alemão, Manuel Hegel, que estava a comprar brinquedos na Amazon, ficou chocado ao descobrir estas figuras da Lego, motivo que o levou a criar uma petição online para que seja proibido vendê-las.

Algumas das figuras que estão à venda.

A petição, que já conta com 1.500 assinaturas e cujo objetivo é chegar às 2.500, pede que a Lego e a Amazon tomem uma ação legal contra os vendedores independentes que estão a utilizar os bonecos da Lego.

Ao brincarem com estas figuras, as crianças aceitam os uniformes retratados, as armas, etc. como normal e com isso surge um potencial extremamente influente nas crianças. No fundo, estes bonecos são uma ameaça ao bom nome da Lego e da Amazon”, lê-se na petição.

Mais alguns exemplos de figuras nazi à venda na Amazon.

À BBC, a Lego disse que não está a patrocinar nenhum produto, acrescentando que “em geral, tomamos as medidas necessárias para garantir que os consumidores nunca tenha dúvidas”. A companhia não falou sobre qualquer ação legal.

Desde que a petição foi lançada, algumas das figuras foram já retiradas, mas outras continuam disponíveis para compra. A lei alemã não permite a utilização de símbolos nazis fora do contexto de “arte ou ciência, investigação, ou educação”.