Museus

Museu Metalúrgica Duarte Ferreira em Abrantes é o Melhor Museu do Ano 2018

722

A Associação Portuguesa de Museologia distinguiu o Museu da Metalúrgica no Tramagal como o Melhor Museu do Ano 2018. O Presidente da República também foi presenteado com um prémio especial.

Fernando Gertrudes/Wikimedia Commons

O Museu Metalúrgica Duarte Ferreira, no Tramagal, Abrantes, foi esta sexta-feira distinguido com o Prémio de Melhor Museu do ano 2018, atribuído pela Associação Portuguesa de Museologia (APOM), anunciou a entidade. De acordo com o palmarés anunciado pela APOM, o Museu Nacional dos Coches, em Lisboa, recebeu uma Menção Especial na mesma categoria.

A cerimónia de anúncio dos premiados decorreu no Museu Nacional dos Coches com a presença de João Neto, presidente da APOM, do ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, e do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

O Prémio Melhor Museu do Ano é uma das principais distinções atribuídas pela APOM, num total de 25 categorias a concurso, que distinguem, entre outras áreas, a melhor intervenção e restauro, o melhor catálogo, a melhor exposição, mecenato e projeto museográfico. Este ano a entidade recebeu 253 candidaturas de instituições de Portugal continental e das Regiões Autónomas, bem como de projetos de expositivos portugueses no estrangeiro.

O Museu Metalúrgica Duarte Ferreira, no Tramagal, concelho de Abrantes, inaugurado no ano passado, conta uma história com mais de um século, desde o dia em que Eduardo Duarte Ferreira ergueu a primeira forja, em 1879, e a data da extinção da Metalúrgica Duarte Ferreira, em 1997.

O projeto de instalação do museu resulta de uma parceria entre a Câmara Municipal de Abrantes, da Junta de Freguesia de Tramagal e do Grupo Diorama, de Joaquim Dias Amaro, contando com espaços expositivos e documentais daquela que foi uma das principais empresas metalúrgicas do país.

A APOM, entidade fundada em 1965, dedicada à museologia, atribui os prémios anualmente, desde 1997, a museus, projetos, profissionais e atividades desenvolvidas no setor.

Este ano, a entidade entregou um Prémio Especial ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, “pelo apoio que tem dado ao setor da museologia”, disse à agência Lusa o presidente da associação, João Neto.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Arquitetura

Um museu dos “portugueses eram mesmo maus"?

José Manuel Fernandes Arq.
197

Reivindico o direito que temos à essência do nosso país, a assumir do seu contributo para o Mundo ao longo dos últimos 600 anos de expansão e colonização. Sem isso pouco Portugal teria dado ao planeta

Museus

Descobertas e má consciência /premium

Paulo Tunhas

O que a conversa contemporânea sobre a palavra “descobertas” faz é omitir os diferentes sentidos da palavra. Tal como para as celebrações de Salazar, é o aspecto político o único que realmente conta.

Polémica

Museu Portugal Global, e não Museu das Descobertas

Matilde Sousa Franco

“A história portuguesa é história global” e “o lugar de Portugal é de crucial importância”! Porquê continuarmos a menorizarmo-nos a nós próprios? Porquê ter medo de admitir que Portugal foi global?

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)