Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

J. K. Rowling, a autora da saga “Harry Potter”, revelou um segredo que terá guardado durante 20 anos, após o lançamento do trailer final do novo filme “Monstros Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald”.

Uma das maiores teorias que a própria autora pensava ter esclarecido há anos era a de que Nagini era a jibóia da The Reptile House do London Zoo no primeiro filme, “Harry Potter e a Pedra Filosofal”. Afinal Nagini é uma Maledictus e J.K. Rowling recorreu ao Twitter para responder a algumas teorias dos fãs.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Nagini — quem os verdadeiros fãs de Harry Potter conhecem tão bem desde os primeiros livros — , a jibóia que acompanhava o Lord Voldemort e que matava por ele, a que devorou o Professor Snape, é, na verdade, uma mulher.

Depois da divulgação do trailer do novo filme, os fãs começaram a questionar a escritora no Twitter sobre essa personagem; Rowling acabou por dizer por dizer que Nagini é uma bruxa portadora de Maledictus, uma doença sanguínea, considerada maldição, que só se manifesta nas mulheres e que é transmitida de mães para filhas, o que faz com que elas se transformem em animais. Mas Nagini acabou por se transformar em jibóia e passou o resto da vida como réptil — até aparecer agora sob a forma humana.

A tão esperada sequela de “Animais Fantásticos e Onde Encontrá-los” — “Os Crimes de Grindelwald” — são dois filmes que pertencem ao universo de Harry Potter, cujas ligações não têm fim. O filme estreia a 15 de novembro nos cinemas.