Primeira Liga NOS

Liga NOS. Costinha confiante num bom resultado frente ao Sporting na Madeira

O técnico dos insulares elogiou o adversário e referiu que quer a sua equipa concentrada numa partida importante para as contas da manutenção. Três jogadores do Nacional juntaram-se à antevisão.

O Nacional é 16.º classificado e recebe o Sporting sexta-feira

FERNANDO VELUDO/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

O treinador do Nacional manifestou esta quinta-feira confiança para a receção ao Sporting, da 30.ª jornada da I Liga de futebol, numa conferência marcada pela interrupção por parte dos capitães, numa manifestação de apoio a Costinha.

Na antevisão ao jogo com os leões, o técnico reconheceu que irá defrontar uma “equipa forte, que vem de um ciclo de vitórias muito bom” e que possui “bons jogadores e um bom treinador”. Todavia, tais factos não retiram ambição, mesmo com a consciência de que o Nacional está “numa situação complicada”, embora haja “força para poder sair desta situação”.

Costinha diz que a equipa tem de “estar mais concentrada e ser um pouco mais rigorosa”, para além da “pontinha de sorte que tem faltado”, ressalvando que o “Sporting vai querer ganhar, mas não quererá mais que o Nacional”.

O treinador português recordou também o jogo em Alvalade, que se saldou por uma derrota por 5-2, mas num embate em que o Nacional, na sua ótica, foi prejudicado pela arbitragem. Contudo, este é um jogo diferente e Costinha frisa que o Nacional não terá de se preocupar só com “o Bruno Fernandes, que está numa super forma, mas não é o único jogador” com que é preciso “ter cuidado”.

O técnico dos madeirenses sublinhou ainda que se alterar a forma de jogar do Nacional para este jogo, “abandonando os princípios, será uma confusão”, porque a equipa esteve “durante uma época a trabalhar um processo”, sendo que “há que ter cuidados”, face ao valor do Sporting.

Costinha confidenciou que todos sabiam “desde o início, que seria difícil” a luta pela manutenção, mas assegurou que houve “sempre um foco, que não deixará de existir, pois há 15 pontos em disputa”.

A conferência de imprensa de Costinha acabou por ser interrompida pelos capitães de equipa Diego Barcellos, Diogo Coelho e Felipe Lopes, numa manifestação de apoio ao técnico, que claramente emocionou Costinha.

Diego Barcelos em representação do grupo disse que todos depositam “total confiança no seu trabalho”, afirmando que o grupo está com o técnico, num momento difícil. Diego Barcelos sublinhou que o plantel “está focado nos desejos do clube”. O capitão frisou ainda que todos estão “no mesmo barco”, tendo Costinha a total “confiança do balneário”.

Diego Barcelos enalteceu o facto de durante a época Costinha ter manifestado o apoio no plantel, asseverando que os jogadores darão tudo “nestas cinco finais que faltam” e que, “todos juntos”, tudo irão fazer para “manter o Nacional na I Liga”.

Costinha disse, depois, que não estava à espera da manifestação dos jogadores, mas acrescentou que tal não o surpreende, pois tem uma “relação muito boa com os jogadores”.

O Nacional, 16.º classificado, com 27 pontos, recebe na sexta-feira, no Estádio da Madeira, no Funchal, a partir das 18h00 o Sporting, terceiro, com 64, em partida da 30.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Eleições Europeias

Querida Europa...

Inês Pina

Sabemos que nos pedes para votarmos de cinco em cinco anos, nem é muito, mas olha é uma maçada! É sempre no dia em que o primo casa, a viagem está marcada, em que há almoço de família…

Educação

Aprendizagem combinada: o futuro do ensino

Patrick Götz

Só integrando a tecnologia na escola se pode dar resposta às necessidades do futuro, no qual os futuros trabalhadores, mesmo que não trabalhando na indústria tecnológica, terão de possuir conhecimento

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)