Sérgio Conceição terá dado ordem de expulsão a Danilo Pereira no final do estágio do FC Porto no Algarve, de acordo com o que avançou o Record. Já os dragões alegam que o jogador saiu para tratar de “assuntos pessoais”, garantindo a presença do internacional português no próximo treino da equipa que se vai realizar esta quinta-feira no Olival.

De acordo com o jornal, o problema entre ambos não terá ocorrido no domingo à noite, após a vitória do FC Porto na fina da Copa Ibérica frente ao Getafe, mas sim na segunda-feira. Alguns jogadores terão tentado acalmar os ânimos mas o técnico azul e branco terá indicado a saída ao médio por causa do sucedido. Uma das fontes contactadas pelo Observador garantiu que não houve “nada de especial”, outra levantou a possibilidade de tudo estar ligado com uma proposta que estará a chegar pelo jogador.

O jornal O Jogo acrescenta que na segunda-feira a equipa teve folga à tarde e que o desentendimento entre treinador e jogador terá começado à hora do jantar, primeiro por telefone e depois pessoalmente perante todo o plantel. Já o JN coloca como motivo da discussão um alegado atraso da equipa técnica para o jantar dessa noite sem aviso prévio ao plantel.

Danilo Pereira, o médio que é como os golos: às vezes não se veem mas fazem sempre falta

De referir que o FC Porto terminou esta quarta-feira o estágio que realizou desde a semana passada no Algarve, com um último jogo treino à porta fechada com o Farense e nova vitória, desta vez por 4-2 com golos de Fernando Andrade (27′), Fábio Silva (35′), Nakajima (70′) e Madi Queta (72′). Mbaye, Saravia, Diogo Queirós, Diogo Leite, Tomás Esteves, Galeno, Otávio, Bruno Costa, Fernando Andrade, Aboubakar e Fábio Silva fizeram parte das opções iniciais de Sérgio Conceição, tendo ainda jogado Vaná, Alex Telles, Manafá, Marcano, Pepe, Romário Baró, Sérgio Oliveira, Corona, Luis Díaz, Madi Queta, Nakajima, e Zé Luís.

FC Porto oficializa contratação de médio português Danilo Pereira

Com passagens pela formação do Arsenal 72, do Estoril e do Benfica, Danilo rumou novo ao Campeonato italiano, onde esteve no Parma três anos com empréstimos pelo meio ao Aris Salónica (Grécia) e ao Roda (Holanda). Em 2013, chegou ao Marítimo, tendo dois anos depois sido contratado pelo FC Porto quando estava a ser negociada para ser vendido ao Sporting.