Rádio Observador

Economia

Atividade económica estabiliza em junho e clima económico diminuiu em julho

Indicador de atividade económica estabilizou nos 1,9 pontos em junho e o indicador de clima económico, disponível até julho, desceu para 2,3 pontos. O volume de negócios na indústria também diminuiu.

ANTONIO DASIPARU/EPA

Autor
  • Agência Lusa

O indicador de atividade económica estabilizou em junho, depois de ter diminuído entre fevereiro e maio, e o indicador de clima económico “diminuiu ligeiramente” em julho, divulgou esta terça-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE).

De acordo com a “Síntese Económica de Conjuntura” do INE, esta terça-feira divulgada, o indicador de atividade económica estabilizou nos 1,9 pontos em junho e o indicador de clima económico, disponível até julho, desceu para 2,3 pontos, face aos 2,4 pontos registados no mês anterior.

Segundo o INE, o indicador quantitativo do consumo privado desacelerou em junho, “refletindo um contributo positivo menos expressivo da componente de consumo corrente”.

No mesmo sentido, também o indicador de Formação Bruta de Capital Fixo (investimento) desacelerou em junho, “devido aos contributos positivos menos intensos das componentes de construção e máquinas e equipamentos”.

De acordo com o INE, considerando a atividade económica da perspetiva da produção, o índice de volume de negócios na indústria diminuiu em junho, “retomando o perfil descendente observado desde julho de 2018”.

O relatório do INE indica que também se verificou um abrandamento do índice de volume de negócios nos serviços — que desacelerou entre março e junho –, e do índice de produção da construção, que também abrandou em junho, depois da “ligeira aceleração verificada em maio”.

Na zona euro, em julho, o indicador de confiança dos consumidores aumentou, enquanto o indicador de sentimento económico diminuiu.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Eleições

Eis o social - ismo

Luís Areias

O mais grave é que, tipicamente, o Estado não só não se preocupa em economizar, pois os recursos não foram ganhos com suor mas sim tirados coercivamente aos contribuintes, como nunca maximiza o valor.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)