Harry e Meghan Markle, os duques britânicos de Sussex, vão viajar para o continente africano a bordo de um voo comercial, está a avançar a CNN. A notícia surge depois de o casal real ter sido criticado por ter viajado num jato privado para casa do cantor britânico Elton John, no sul de França. A viagem, que passará por Angola, Malawi e Botswana, começará a 23 de setembro e terminará a 02 de outubro, anunciou o Palácio de Buckingham. É a primeira visita oficial dos duques de Sussex para fora do Reino Unido desde que se casaram.

View this post on Instagram

Today, we are excited to be able to announce details for the Duke and Duchess of Sussex’s upcoming tour to Africa! ???????? • In just two weeks, Their Royal Highnesses will embark on this official tour focusing on community, grassroots leadership, women’s and girls’ rights, mental health, HIV/AIDS and the environment. This programme has been many months in the making, and The Duke and Duchess are eager to focus their energies on the great work being done in Southern Africa. From meeting with Archbishop Desmond Tutu to joining ‘Waves for Change’ on Monwabisi Beach, the South Africa programme will be educational and inspiring. The Duke is especially proud to continue the legacy left by his mother with her work in Angola as he joins Halo Trust again in an effort to rid the world of landmines. HRH will also travel to Malawi where he will check in on the British Army’s partnership with African Parks and will be working on the ground supporting local communities. The Duke is particularly proud to be able to deliver an exciting new initiative, a Queen’s Commonwealth Canopy three-country partnership which he designed and consulted with Governments in Namibia, Botswana and Angola to protect forest and wildlife corridors around the Okavango Delta. The Duchess will be working with local organisations to promote women and girls’ health and education, entrepreneurship and leadership. With such a textured culture and history, Their Royal Highnesses are grateful for the opportunity to connect with those on the ground in Southern Africa and to be inspired by the work being done and learn how they can be better supported. As President and Vice President of The Queens Commonwealth Trust and The Duke’s role as Commonwealth Youth Ambassador, The Duke and Duchess cannot wait to meet with young leaders mobilising change and adding to the beauty of these Commonwealth countries ???????? • “We look forward to seeing you soon!” • Photo ©️ PA images / Tim Graham – Getty Images / @Sentebale /@AfricanParksNetwork / @YouthAlert

A post shared by The Duke and Duchess of Sussex (@sussexroyal) on

Meghan Markle e o marido Harry, que participam regularmente em campanhas de consciencialização para o problema das alterações climáticas, têm sido alvo de críticas por terem usado o jato privado de Elton John para se encontrarem com o músico em Nice. Estima-se que a aviação seja responsável por mais de 2% das emissões de gases poluentes para a atmosfera — e os jatos privados são o maior responsável, já que emitem mais gases com efeitos de estufa por tripulante do que os aviões comerciais.

Elton John saiu em defesa do casal, garantindo que Meghan e Harry tinham viajado a convite do músico e que a taxa ambiental havia sido paga por ele. “Para manter um nível elevado da muito necessária proteção, demos-lhes um voo num jato privado. O voo deles foi neutro em termos de emissões de carbono, dando o contributo apropriado para a Carbon Footprint”, garantiu o cantor numa publicação nas redes sociais.

À época, nem os duques de Sussex, nem o Palácio de Buckingham quiseram comentar o caso. Mas agora, uma “fonte da família real” garantiu à CNN que o casal Harry e Meghan se estava a preparar para viajar com o bebé Archie num voo comercial. Sem confirmar esta informação, a página de Instagram dos duques de Sussex adianta apenas os planos do casal em África: “Em apenas duas semanas, Suas Altezas Reais embarcarão nesta viagem oficial com foco na comunidade, liderança popular, direitos das mulheres e raparigas, saúde mental, HIV/sida e meio ambiente”, pode ler-se no comunicado.

A publicação fala ainda da satisfação que Harry terá demonstrado em seguir os passos da mãe, a princesa Diana, nos projetos humanitários em África. “O duque está especialmente orgulhoso de continuar o legado deixado pela mãe com o seu trabalho em Angola, já que se vai juntar ao Halo Trust novamente, num esforço para livrar o mundo inteiro das minas terrestres”, diz a imagem no Instagram.