830kWh poupados
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Pais e Filhos

Porque Sim Não é Resposta

Alteração do calendário escolar: sim ou não?

Eduardo Sá explica que o tempo de férias é "tão fundamental" para as crianças e jovens, como para os familiares cuidadores. O psicólogo sublinha: "Não esqueçamos que brincar também é essencial". 
Educação

Quem é o Encarregado/a de educação: o pai, a mãe

Maior envolvimento, colaboração e participação ativa de ambos os pais no processo educativo dos filhos (em casa, na escola, na comunidade), resultam em melhoraria significativa dos seus desempenhos.
Porque Sim Não é Resposta

É normal que casais mais velhos não vivam juntos?

É possível amar sem "dores de cabeça"? O psicólogo Eduardo Sá reflete acerca do nível de "complexidade" em viver com o companheiro e sublinha: "Afinal, partilhar espaço pode não ser importante". 
Porque Sim Não é Resposta

Como lidar com uma mãe tóxica?

Eduardo Sá explica que a toxicidade dos pais pode resultar em frustração dos filhos, fazendo-os sentir "pequeninos" e inseguros. O psicólogo sublinha: "Afinal, a vida é uma porta giratória".
Porque Sim Não é Resposta

Como evitar que filhos sofram com o nosso burnout?

Lidar com o stress extremo é difícil, e é também um desafio evitar que quem o rodeia sinta os sintomas. O psicólogo Eduardo Sá explica que num primeiro momento não é possível ter uma atitude discreta.
Porque Sim Não é Resposta

O que separa a insolência do mau feitio?

Apesar da impulsividade do mau feitio, é possível reconhecer onde se falhou. Já as pessoas insolentes não se metem em causa, nem reconhecem erros. O psicólogo Eduardo Sá alerta: não, não podem tudo.
Porque Sim Não é Resposta

"Estamos grávidos" - sim ou não?

A obstetrícia é uma especialidade que deve ter em conta o casal e não apenas a mulher - a gravidez precisa do outro. Eduardo Sá alerta para o impacto da gravidez no homem, inclusive sintomas físicos.
Porque Sim Não é Resposta

Devemos tirar férias dos filhos?

As férias põe-nos à prova, nem que seja na capacidade de fazer castelos de areia, e trazem histórias que se guardam para sempre. Mas também é importante estarem sozinhos sem que se tornem piores pais.
Porque Sim Não é Resposta

Passado de crianças adotadas recai nos novos pais?

Muitas crianças adotadas carregam um passado trágico, marcado por sofrimento, maus tratos e experiências de negligência. O psicólogo Eduardo Sá reconhece que tudo isto terá sempre impacto no presente.
Porque Sim Não é Resposta

É razoável castigar os filhos por terem más notas?

Eduardo Sá explica que o resultado académico dos jovens não depende apenas do seu esforço, mas de outros fatores "impossíveis de gerir". O psicólogo sublinha: "É preciso refletir antes de castigar".
Porque Sim Não é Resposta

É normal uma mãe de 1ª viagem ter dificuldades?

Eduardo Sá explica que a dificuldade das mães de 1ª viagem é "normal" e não tem de ser fonte de aflição. O psicólogo sublinha: "As mães não têm de ser bancos de conhecimento ilimitado".
Sociedade

O Cónego Jeremias, as Gémeas e os irmãos Cunha

A cunha é eticamente aceitável, desde que não implique nada injusto para ninguém, nem seja contra o bem comum.
Porque Sim Não é Resposta

Será que o telemóvel banalizou as infidelidades

Eduardo Sá distingue relações "leais" de "amorosas". O psicólogo não tem dúvidas de que a maioria das pessoas se sente "mal amada" e explica a lógica por detrás da traição.
Porque Sim Não é Resposta

O caso do menino empático que sofre de ansiedade

Os pais têm de ser a “entidade reguladora”, estabelecer regras, para que a bondade desta criança não se vire contra si. "É preciso que consiga distinguir para que não se sinta responsável por tudo"
Porque Sim Não é Resposta

NY obriga redes a alterar algoritmo para menores

Nova Iorque adotou medida que restringe o algoritmo viciante para menores de idade. O psicólogo Eduardo Sá acredita que esta é uma ótima medida para proteger as crianças de algo "manifestamente mau".
Porque Sim Não é Resposta

"Ter filhos não é como ir à loja dos trezentos"

Eduardo Sá explica que é importante ter noção de que os meios de que as crianças dispõem não são os essenciais, numa altura em que, diz, faltam também medidas para ajudar quem quer ter filhos.
Justiça

Amor de mãe

Uma mãe faz tudo por um filho mas nem tudo o que uma mãe está disposta a fazer por um filho pode ser aceite. Porque parte desse tudo pode ser um crime ou uma injustiça para os filhos dos outros.
Pais e Filhos

Pensão de alimentos a filho maior

Trata-se de uma obrigação excecional, e de caráter temporário, e por isso destinada à educação de um maior e não à sobrevivência de um menor incapaz de prover à sua subsistência.
Porque Sim Não é Resposta

Doença mental. Números de casos são "alarme"

Eduardo Sá explica que é necessário criar um conjunto de políticas integradas para  "resgatar" pacientes com doenças mentais numa altura em que, sublinha, registam-se números exorbitantes de casos.
Porque Sim Não é Resposta

O que é a saúde mental?

Eduardo Sá explica que até as pessoas saudáveis vivem momentos de tristeza, angústia e raiva. O psicólogo sublinha que o importante é chorar sem vergonha sem, no entanto, desencorajar o sorrir.
Porque Sim Não é Resposta

Basta um filme para ter medo de dormir sozinho?

O psicólogo Eduardo Sá fala do caso de um pré-adolescente que não quer ficar sozinho e tem dificuldade a adaptar-se a novas situações. Se evidenciar um comportamento obsessivo é melhor pedir ajuda
Porque Sim Não é Resposta

O que é feito dos "vilões" nas histórias infantis?

Eduardo Sá explica que as crianças precisam de "vilões" nas histórias que lhes são contadas para que possam "acantonar" o mal. O psicólogo sublinha: "Sem eles, não aprendem a reagir à maldade".
Porque Sim Não é Resposta

Santos Populares. Mantém-se a tradição?

Em dia de Santo António, Eduardo Sá explica que as tradições desta celebração lisboeta unem a população, mesmo que dependam de quem as interprete. Afinal, "a festa (ainda) não paga imposto de luz".
Porque Sim Não é Resposta

Como lidar com a depressão na adolescência?

Os adolescentes são "horríveis"? Eduardo Sá explica que é preciso ter noção da mudança "acrobática" da infância para a adolescência. O psicólogo sublinha: "Conduzem um airbus, mas precisam de pais".
Porque Sim Não é Resposta

Como ajudar os adolescentes a lidar com a morte

Num cenário em que a escola contorna, frequentemente, o tema da morte, Eduardo Sá explica que a perda de um colega pode ser um "terramoto" de emoções.
Educação

Sobre a inflação das notas

Será que os nossos filhos são mais inteligentes que nós? Será que trabalham mais? Ou não será que estamos todos a alimentar uma inflação muito escorregadia de notas muito altas, de “sobredotados”?
Porque Sim Não é Resposta

O WhatsApp serve para falar com os trabalhadores?

Email da empresa está a ser substituído pela rede social? Com que impacto na vida dos funcionários? O psicólogo Eduardo Sá alerta para o perigo na saúde mental de quem não se consegue desligar.
Pais e Filhos

Pais com tempo para se amarem

Uma relação amorosa entre os pais, com um beijo, um carinho, um abraço, um sorriso, é também fundamental para a construção dos modelos de amor dos filhos.
Porque Sim Não é Resposta

302 milhões de crianças exploradas sexualmente

Novo estudo aponta que uma em cada oito crianças é vítima de exploração sexual na internet. Eduardo Sá alerta que muitas iniciam a vida sexual precocemente através de episódios de assédio e violação.
Porque Sim Não é Resposta

Como ultrapassar casos de violência sexual?

O abuso sexual, sublinha Eduardo Sá, é mais frequente do que possa parecer e fica, "sem validade", guardado na memória. O psicólogo explica o tempo não cura.
Porque Sim Não é Resposta

Crise dos 7 anos: verdade ou mito?

Eduardo Sá explica que mal seria se os casais só vivessem crises a cada sete anos. O psicólogo sublinha que crises servem para crescer na relação. Basta encarar solavancos como “dores de crescimento”.
Porque Sim Não é Resposta

"Se ninguém soubesse, trocaria de parceiro?"

Um cenário, explica Eduardo Sá que, apesar da inexperiência, é preciso não haver inibição de "ir a jogo". É preciso, sublinha o psicólogo, perguntar "até que ponto nos queremos um ao outro?"
Porque Sim Não é Resposta

Dia dos Irmãos e das Crianças. O que significam?

Eduardo Sá explica que partilhar "historietas de crescimento" é mais importante do que uma amizade. O psicólogo remonta à origem do Dia da Criança para refletir acerca dos desafios da infância.
Porque Sim Não é Resposta

Quão valioso para o crescimento é brincar?

Ainda que os impactos da internet a possam abafar, Eduardo Sá explica que a brincadeira funciona como "vitamina do crescimento". Uma necessidade, sublinha o psicólogo, tão importante quanto a escola.
Porque Sim Não é Resposta

Como abordar uma amiga com anorexia?

Mulher, na casa dos 30, surpreendeu tudo e todos quando foi internada de urgência. O que devem fazer os amigos? Ignorar e falar como se nada tivesse acontecido? O psicólogo Eduardo Sá diz que não.
Porque Sim Não é Resposta

Bullying online. Como educar as crianças?

Eduardo Sá explica que não só os pais têm de ser responsabilizados pela atividade dos filhos nas redes sociais, mas também as próprias crianças. Um cenário, alerta, que tem cada vez mais riscos.
Porque Sim Não é Resposta

Falam com sotaque brasileiro? Vêem YouTube demais

Um cenário, explica Eduardo Sá, que reflete que as crianças estão a ver redes sociais mais do que deviam e que as pode mesmo tornar "menos inteligentes". Uma realidade, diz o psicólogo, arriscada.
Porque Sim Não é Resposta

Ser mãe mais "tarde" é ser má mãe?

Eduardo Sá explica que a qualidade da paternidade não depende da idade dos pais. Embora não seja uma "fatalidade", reforça o psicólogo, é preciso ser capaz de responder às exigências do bebé.
Porque Sim Não é Resposta

Como lidar com os enteados?

Eduardo Sá fala num "pacote de desafios" quando há filhos de relações anteriores. Defende que é normal que as crianças sintam a madrasta ou o padrasto como um intruso, mas que os pais têm de gerir. 
Porque Sim Não é Resposta

E quando os filhos fazem perguntas sobre sexo?

Eduardo Sá defende que não se devem antecipar respostas a perguntas que os filhos não fizeram. O psicólogo diz que os pais devem esperar que sejam as crianças a tomar a iniciativa de abordar o tema.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.

Apoie o jornalismo. Leia sem limites. Apoie o jornalismo. Leia sem limites.
Desde 0,18€/dia
Apoie o jornalismo. Leia sem limites.
Apoie o jornalismo. Leia sem limites. Desde 0,18€/dia
Em tempos de incerteza e mudanças rápidas, é essencial estar bem informado. Não deixe que as notícias passem ao seu lado – assine agora e tenha acesso ilimitado às histórias que moldam o nosso País.
Ver ofertas