Miguel Pavão é o novo bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas (OMD), de acordo com os resultados do escrutínio publicados no site da ordem, que indicam um universo de 4.748 votantes, num total que ronda os 11 mil dentistas. De acordo com os dados publicados pela OMD, o recém-eleito bastonário obteve 3.462 votos.

Nas eleições de sábado foi reeleito para presidir ao Conselho Deontológico Luís Filipe Correia, com a lista única que encabeçava – “Unidos pela Ética” – a obter 4.113 votos, de um universo de 4.723 votantes.

Os resultados ditaram a eleição da Lista A (de Miguel Pavão) para a Assembleia Geral, Conselho Geral, Bastonário, Conselho Diretivo e Conselho Fiscal.

A outra lista que também concorreu às eleições, a B, era liderada por Artur Lima, que conquistou 1.151 votos válidos.

Miguel Pavão substitui como bastonário Orlando Monteiro da Silva, que ocupava o cargo desde 2001. O mandato tem a duração de quatro anos.

A tomada de posse dos novos órgãos sociais da OMD, de acordo com o regulamento eleitoral, não poderá exceder os 30 dias após o ato eleitoral.